Gaiteira Berenice Azambuja morre após lutar contra um câncer no pâncreas

Os fãs da música gaúcha amanheceram mais tristes hoje dia 4 de junho – isso porque, de acordo com o G1, morreu durante a noite do dia 3 a gaiteira Berenice Azambuja, uma das mulheres pioneiras no tradicionalismo gaúcho. Berenice, que também era cantora e compositora, tratava de um câncer no pâncreas e sofreu uma parada cardíaca, a qual não resistiu. Ela estava internada em um hospital localizado em Passo Fundo, região norte do Rio Grande do Sul.

Em abril de 2021, a cantora havia chamado a atenção por deixar o hospital tocando um de seus sucessos, É disso que o velho gosta, após enfrentar o novo coronavírus. Ao longo de sua carreira ela gravou 17 discos, sendo que três deles conquistaram o disco de ouro. O velório de Berenice acontecerá ao longo do dia, com o enterro previsto para o fim da tarde. A artista tinha 69 anos de idade e deixa um filho.

Reportagem: Da redação de Estrelando

ÚLTIMAS NOTÍCIAS