Funcionária de estacionamento rotativo é agredida em Orleans

A supervisora do estacionamento rotativo de Orleans foi agredida com um tapa no rosto e um empurrão após cobrar uma vaga. A ocorrência foi atendida pela Polícia Militar na sexta-feira, na rua Aristiliano Ramos, no bairro Lomba.

Segundo a vítima, ela estava ajudando um condutor a preencher o cartão quando a esposa dele se aproximou, deu o tapa no rosto e um empurrão.

A mulher alegou que ia rapidamente na farmácia e que não pagaria o rotativo por conta da tolerância de 15 minutos. Já segundo a supervisora agredida, o veículo não estava na vaga de “parada rápida”.

A PM foi chamada e durante a lavratura do procedimento, a autora da agressão ficou falando que a supervisora “tinha era que trabalhar e não ficar perseguindo ela”. Quando a guarnição foi colher o relato da mulher, ela informou que falaria apenas em juízo. Um termo circunstanciado foi lavrado.

Com informações do Diário do Sul

ÚLTIMAS NOTÍCIAS