Frutas trazem mais nutrientes ao cardápio da merenda

O consumo de frutas varia no cardápio das cozinhas do Colégio Satc. Tudo depende dos alimentos da estação. Nestes meses iniciais, com predomínio do verão, os alunos têm à disposição frutas como maçã, pera, banana e melancia. A seleção do que vem para a alimentação das crianças e adolescentes é feita pela nutricionista da escola, Bruna Deolindo Izidro.

“Todos os meses sigo a listagem das frutas disponíveis de acordo com a sazonalidade em uma relação fornecida pela Prefeitura de Criciúma, no cardápio da merenda escolar. Esses itens vêm da agricultura familiar local, valorizando nossos produtores”, comenta Bruna.

Sempre admirada por muitos, na Satc, a melancia é quem brilha. “Ela é uma das frutas preferidas pelos alunos”, afirma a nutricionista. Por isso, nos meses em que está disponível, a melancia é incorporada ao cardápio para alegria dos alunos.

Outro trabalho que Bruna procura fazer é estimular o consumo de frutas diferenciadas. “É importante diversificar, trazer algumas que eles não conheçam e estimular para que experimentem”. Caqui, pera e outras opções são conhecidas de nome, mas nem sempre despertam o interesse dos estudantes, por isso as merendeiras fazem o trabalho de mostrar as novidades e fazer com que eles experimentem.

Mudanças com a pandemia

O processo de higienização já era algo contínuo com a equipe de merendeiras do Colégio Satc. Com o retorno das aulas presenciais e a implantação dos protocolos de segurança por conta da Covid, as profissionais adotaram novas ações, como o uso de luvas para alimentos prontos, como é o caso das frutas. Anteriormente, as frutas, já higienizadas eram retiradas por cada estudante. Agora, quem efetua a entrega individual é a merendeira. “Isso evita que haja alguma contaminação entre a distribuição das merendeiras aos alunos”, afirma a nutricionista.

Assessoria de Imprensa da Satc

ÚLTIMAS NOTÍCIAS