Foi lançada a Campanha Natal Sem Fome no Rio

Um protesto marcou na manhã deste domingo, 17, o lançamento da campanha Natal Sem Fome, na orla de Copacabana, na zona sul do Rio. A iniciativa, promovida pela organização não governamental Ação da Cidadania, denunciava o agravamento da fome e pedia políticas públicas para combater a insegurança alimentar.

Manifestantes empurraram carrinhos de supermercado vazios pela Avenida Atlântica, à beira-mar. Ao som de uma marcha fúnebre, centenas de pessoas participaram da ação, empunhando cartazes que lembravam a disparada nos preços dos alimentos e do gás de cozinha.

A campanha Natal Sem Fome espera arrecadar pelo menos R$ 30 milhões para levar alimentos a 600 mil famílias de todo o País na edição de 2021. A organização calcula que cada R$ 1 doado será equivalente a um prato de comida. As doações devem ser realizadas pela internet, na página oficial do Natal Sem Fome, até o fim de dezembro.

A meta é arrecadar 6 mil toneladas de alimentos, que abasteceriam 2,5 milhões de pessoas em situação de fome, segundo Daniel Souza, presidente do Conselho da Ação da Cidadania.

A Ação da Cidadania, fundada em 1993 por Herbert de Souza, o Betinho, lançou a campanha Natal Sem Fome em 1994. Desde então, mais de 20 milhões de pessoas receberam alimentos através da iniciativa, informou a entidade. A campanha chegou a ser interrompida por um período de dez anos, sendo reativada em 2017.

Reportagem: Daniela Amorim/ESTADÃO

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS