FGV aponta baixa adesão das empresas a linhas de crédito do governo

Levantamento da Fundação Getulio Vargas (FGV) aponta que apenas 40% das empresas do Comércio e da Construção recorreram à linha de crédito do governo para minimizar os impactos econômicos da Covid-19. De acordo com a FGV, as dificuldades iniciais dos empresários para acessar o financiamento pode ter inibido a procura.

No setor de Serviços, 14,8% das empresas utilizaram o crédito disponibilizado pelo governo. Comércio, com 7,2% e indústria, que registrou 5,5% vêm em seguida. Por outro lado, medidas do governo como a suspensão temporária do contrato de trabalho, redução das jornadas e dos salários e adiamento do pagamento de impostos tiveram mais adesão dos empresários. O estudo da FGV aponta que isso permitiu que uma parte dos empregos fosse mantida.

No entanto, mais de 70% dos brasileiros foram afetados de alguma forma. Entre as principais consequências está o aumento do endividamento das famílias.

Conheça as principais alterações na MP que ajuda empresas a pagarem folha de pagamento

Empresários de todo o país recorrem a empréstimos para salvar os negócios

Reportagem: Felipe Moura – Brasil 61

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS