Festa com aglomeração é encerrada pela polícia em Laguna

Uma festa com um grande número de pessoas foi flagrada pela Polícia Militar (PM), na manhã de sexta-feira (25). no canto da Praia do Gi, em Laguna. Quando os presentes na aglomeração perceberam a chegada dos agentes, a maioria dos carros conseguiu deixar o local.

Três veículos com dez pessoas divididas entre eles foram abordados pelos policiais e revistados. Na busca, foram encontrados aproximadamente 10 gramas de maconha em um dos carros.

Um jovem de 20 anos assumiu que a droga era sua, para consumo. Nada de irregular foi encontrado nos outros veículos e com os demais revistados.

A ocorrência, inicialmente denunciada como perturbação do sossego alheio, contou com o apoio do helicóptero Águia 04. Um boletim de ocorrência foi lavrado e os envolvidos liberados. Lembrando que as aglomerações seguem proibidas como forma de enfrentamento à de covid-19.

Justiça nega recurso do governo sobre flexibilizações de medidas contra covid-19 em SC

E a Justiça negou nesta sexta-feira (25) o recurso do governo catarinense contra a liminar que barrou a liberação de eventos e hotéis com 100% de ocupação. O Estado tem 48 horas para aumentar as medidas restritivas contra a covid-19.

A decisão determina que o governo de SC restabeleça as restrições de funcionamento para a rede hoteleira, casas noturnas e realização de eventos, conforme a situação de risco de cada região. No momento, todo o Estado se encontra em nível gravíssimo para o coronavírus. Apenas cinemas e teatros podem manter as regras estipuladas no último decreto do governo.

Caso o Estado não cumpra as medidas no prazo, terá que pagar uma multa de R$ 10 mil por dia. Na decisão, a desembargadora Ana Lia Carneiro destacou que a flexibilização das restrições pode agravar a crise de saúde no Estado, que vem sofrendo com o aumento de casos em todas as regiões desde novembro.

“Busca o Estado de Santa Catarina o restabelecimento de Decretos Estaduais que flexibilizam as regras sanitárias relacionadas à pandemia de Covid-19, justamente em período de alta demanda por recursos turísticos do Estado, no qual a população flutuante tem considerável incremento, de forma a impactar diretamente na circulação do vírus e projetar consequências danosas no já debilitado sistema de saúde”, declarou.

O governador Carlos Moisés (PSL) havia autorizado a liberação de 100% da ocupação de hotéis e pousadas, realização de eventos sociais e funcionamento de cinemas e teatros com 30% de ocupação em regiões classificadas como de risco gravíssimo. Na última terça (22), a Justiça barrou as flexibilizações.

SC tem mais de 1.400 novos casos da Covid-19 em 24h

Santa Catarina chegou a 476.681 casos da Covid-19, somando mais 1.481 em 24 horas, segundo o boletim epidemiológico desta sexta-feira (25 ). Do total, são 451 mil pacientes recuperados.

Além disso, foram 4.973 mortes registradas até então, com inclusão de 34 pessoas nesta atualização. O número é relativamente preocupante. A taxa de letalidade é de 1,04%.

A concentração de casos segue em Joinville, no Norte do Estado, que soma 334 casos até então. A cidade ultrapassou a capital, que tem 95 casos a menos.

A maior quantidade de pacientes que já confirmaram infecção está em Joinville, com 42.411 casos. Na sequência, aparecem Florianópolis (40.948), Blumenau (25.591), São José (21.436), Criciúma (18.231), Palhoça (14.694), Itajaí (14.218), Balneário Camboriú (14.185), Chapecó (13.150) e Brusque (12.583).

Os municípios com mais casos de Covid-19 são:

Joinville: 42.411 Florianópolis: 40.948 Blumenau: 25.591 São José: 21.436 Criciúma: 18.231 Palhoça: 14.694 Itajaí: 14.185 Balneário Camboriú: 14.218 Chapecó: 13.150 Brusque: 12.583

Ocupação de UTIs

Dos 1.499 leitos de UTI existentes pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina, há 1.244 ocupados, sendo 593 pacientes com confirmação ou suspeita de infecção por coronavírus. A ocupação é de 83% e há 255 leitos livres atualmente.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS