Ferrovia Tereza Cristina celebra 23 anos de história

A Ferrovia Tereza Cristina (FTC), responsável pelo transporte ferroviário de cargas no Sul do Estado, celebrou no último sábado 23 anos de serviços prestados.

Rumo aos últimos anos de concessão (1997-2027), a FTC registra importantes conquistas ao longo dessa trajetória. A concessionária, que contribui para o desenvolvimento da região, pretende deixar como legado o respeito ao meio ambiente, com a segurança que conduz a operação ferroviária nas comunidades lindeiras.

“Realizar o trabalho com qualidade e de forma responsável é nossa obrigação, e, ao longo deste caminho, buscamos melhorar a vida das pessoas ao nosso redor, investindo em projetos sociais, promovendo discussões sobre a importância do transporte ferroviário para a economia e propondo inovações que completam o nosso trabalho”, destacam os diretores da FTC.

Com 164km de linha férrea, a concessionária tem como principal negócio o transporte de carvão mineral, produzido na região Sul do Estado com destino ao Complexo Termelétrico Jorge Lacerda (Engie), em Capivari de Baixo, para geração de energia elétrica, e no transporte de cargas em geral conteinerizadas para o porto de Imbituba.

Junto às comunidades, a FTC desenvolve o projeto “TrAção”, com a oferta de atividades como capoeira, caratê, jiu-jitsu, música, futsal, futebol e outros, oferecendo experiências esportivas e culturais que agregam valor ao processo de ensino. Outra iniciativa é o Trem de Natal, projeto que iniciou junto à história da empresa, e que já virou tradição. Só em 2019, foram entregues mais de 23 mil brinquedos e 600 quilos de balas entre os municípios de Siderópolis e Imbituba.

FTC E A ECONOMIA REGIONAL

A concessionária transportou durante esses 23 anos, pós-concessão, mais de 64 milhões de toneladas, sendo mais de 62 milhões de carvão mineral e 1,8 milhão de toneladas de cargas diversas em contêineres. Com uma frota em operação, composta de 13 locomotivas e 277 vagões, a FTC está presente na economia de 14 municípios. Só em 2019, gerou mais de R$ 100 mil de retorno aos municípios, por meio de impostos sobre serviços. Na área de segurança, a FTC tem atuado para a redução do número de acidentes em passagens em níveis que, geralmente, são de responsabilidade de terceiros. Todo o trabalho é sustentado pelo Sistema de Gestão Corporativo, que atesta a eficácia da gestão da qualidade, ambiental e da saúde e segurança ocupacional, por meio das certificações ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001, respectivamente, já na nova versão das normas.

Importância da mobilidade para o desenvolvimento local e nacional

Segundo a diretoria da FTC, a qualidade da vida urbana está associada à qualidade da mobilidade, e as ferrovias desempenham função primordial nesse contexto, pois trazem muitos benefícios às comunidades por onde passam e para o país.

A principal finalidade de um sistema de transporte é promover o desenvolvimento econômico de uma região por meio da movimentação de pessoas, bens e mercadorias e, assim, incrementar a economia. Se no Sul do Estado tem dado certo, a construção de uma nova malha ferroviária catarinense é fator decisivo para o crescimento econômico de SC, conformada com as fronteiras de produção do Estado.

A eficiência de um novo sistema ferroviário para Santa Catarina, com base num estudo alternativo, levou em consideração a demanda de transporte para os próximos anos. Dada esta importante informação, o governo tomou a iniciativa de renovar as concessões ferroviárias, atraindo o setor privado para fazer os grandes investimentos na ampliação e na melhoria do sistema, para que empresas possam explorar, por tempo determinado, mediante pagamento de outorga e realização de investimentos em ferrovias por regime de direito privado, seguindo os princípios constitucionais da atividade econômica, que visam à celeridade processual e autorregulação.

Desta forma, o interessado da iniciativa privada fica responsável pelo investimento (estruturação, execução, conservação e operação) durante todo o prazo estipulado para a parceria, sendo de responsabilidade do governo assegurar as condições de exploração e remuneração (equilíbrio econômico e financeiro).

DS

Foto : Divulgação

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ORLEANS | Júri popular condena homem por tentativa de homicídio qualificado

Sessão do Júri promovida pela comarca de Orleans na última quarta-feira (25/11)  condenou um homem por tentativa de homicídio qualificado e dano qualificado. Presidida...

Confira o que Astros tem a lhe dizer

LUIZ HENRIQUE (48) 99623-6232 (Whats) Presencial/Online Desenvolvimento e estudo na Arte Oracular: Tarô; Astrologia; Constelação Arquetípica; Numerologia; boaastrologia@gmail.com O caminho dos astros 60 As Novas Regras do Bem viver 2021 “O...

Jurerê Internacional adere ao projeto Orgânico Solidário, que leva alimentação saudável para famílias

Jurerê Internacional acaba de aderir à campanha Orgânico Solidário, uma importante ação de abrangência nacional que está levando alimentos frescos e saudáveis (verduras, frutas...

ITAJAÍ | Produtores terão 23 cursos gratuitos do Senar/SC em dezembro

Para auxiliar o desenvolvimento da produção sustentável, da competitividade e dos avanços sociais no campo, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado...