FECAM lança Colegiado de Desenvolvimento Econômico e Inovação

“Lançamento contou com gestores municipais que integrarão o Colegiado e recebeu apoio de entidades representativas do Estado”

21/12/2020 – Desenvolver municípios cada vez mais empreendedores é o foco do Colegiado de Desenvolvimento Econômico e Inovação (CODE) lançado pela Federação de Consórcios, Associações de Municípios e Municípios de Santa Catarina (FECAM). Em ato virtual na sexta-feira (18/12), a FECAM apresentou a diretoria e reuniu, em ambiente remoto, as entidades parceiras das ações previstas para o planejamento do ano de 2021.

Em um ano desafiador, citou o diretor executivo da FECAM, Dionei Walter da Silva, o municipalismo acredita que o Colegiado auxiliará as cidades, sejam as grandes ou as pequenas, a conhecerem mais as possibilidades e oportunidades em investimentos, em tecnologias, em novidades no mundo da inovação, além de agregar os cases que fazem a diferença nestas áreas. “Não há desenvolvimento econômico nas cidades sem o envolvimento do poder público”, justificou o diretor.

O Colegiado de Desenvolvimento Econômico e Inovação terá como presidente o empreendedor e representante da Prefeitura de Florianópolis, Piterson Santana; o vice-presidente Celso Oliveira (prefeitura de Gaspar); o 1° Secretário Diego Chierighini (Prefeitura de Palhoça); 2° Secretário Moris Kohl (Prefeitura de Blumenau) e o secretário executivo Carlos da Costa (Economista da FECAM).

Cerca de 60 pessoas participaram do lançamento, prestigiado por representantes do governo estadual e federal, institutos, universidades, fundações, associações de municípios, secretários municipais e demais gestores públicos das áreas afins. Em suas falas de apoio à nova organização municipalista, as entidades – CNM, ACATE, Sebrae/SC, IEL, CIEE, FAPESC, FAMPESC, ENRICH – Centro de Inovação Brasil-Europa e Câmara de Comércio do Brasil em Luxemburgo (CCBRALUX), manifestaram-se parceiras e elogiaram a iniciativa da Federação. “Temos um Estado potencial nestas áreas e a Confederação Nacional de Municípios será parceira para colaborar com estudos técnicos, ações e projetos de desenvolvimento” disse o consultor da CNM, ex-prefeito de Taió e Salete e ex-presidente da FECAM, Hugo Lembeck.

O presidente da Associação Catarinense de Tecnologia, Daniel Leipnitz, também parabenizou a iniciativa. “A ACATE se coloca à disposição para co-participar em ações e projetos de desenvolvimento dos municípios do nosso Estado”, destacou. Na mesma linha, o secretário de Modernização do Estado do Governo Federal, José Ricardo Martins da Veiga destacou o quanto iniciativas como a da FECAM contribuem para que os municípios encontrem sua vocação regional. “A atuação de prefeitos, secretários e servidores é fundamental para o bem-estar da nossa sociedade”, acrescentou Veiga, antecipando que o Governo Federal logo deverá lançar o programa nacional Moderniza Brasil e que estará na pauta do Colegiado.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Celso Albuquerque, ressaltou a importância da integração entre o poder público e o setor produtivo na busca de soluções e desenvolvimento para o Estado.

“Excepcionalmente tivemos um ano desafiador onde, além da pandemia que afeta a todos nós, enfrentamos diversidades climáticas como a estiagem e agora estragos devido as enxurradas. Ou seja, o Estado foi testado de todas as formas, mas temos um povo resiliente e que se supera frente a cada obstáculo. Tenho certeza que este Colegiado será uma conexão de forças para que o ano de 2021 seja um ano de retomada, desenvolvimento econômico e de mais competitividade e oportunidades para os catarinenses”.

O cônsul-geral de Luxemburgo em SP e vice-presidente do Centro de Inovação Brasil-Europa no Brasil, Jan Eichbaum (da ENRICH) e o cônsul do Brasil e Luxemburgo, André Bezerril (da CCBralux) manifestaram apoio e parceria. Luxemburgo tem hoje duas filiais da Câmara de Comércio, sendo uma em Curitiba e outra em Florianópolis. O país é pólo financeiro da União Européia, segundo maior mercado de fundos de investimentos no mundo e investe fortemente em desenvolvimento econômico e avanços tecnológicos.

COLEGIADO

O presidente do Colegiado, Piterson Santana reforçou o caráter de inter-relação e conexão dos gestores públicos com o desenvolvimento econômico para a geração de emprego e renda. A agenda do Colegiado prevê encontros de inovação e conhecimento nos meses de janeiro, abril, julho e dezembro, com foco em apresentação de boas práticas, programas e projetos do Estado voltados aos setores, cases e experiências internacionais e organização regional. Para 2021, o Colegiado pretende coordenar a área de desenvolvimento econômico do Congresso de Prefeitos promovido pela FECAM e nove encontros regionais estão programados com o Sebrae/SC para capacitação. “O Colegiado auxiliará o gestor público, os secretários municipais e suas equipes, a conduzirem melhor as ações e contribuir para um Estado cada vez mais empreendedor”, enfatizou Piter.

O Colegiado, vinculado à FECAM, compreende atenção aos 295 municípios catarinenses, com objetivo de oferecer integração entre os gestores públicos, gerar conhecimento sobre políticas públicas, disponibilizar um banco de soluções em ambiente virtual, além de parcerias com instituições ligadas ao desenvolvimento econômico e inovação.

La Via Comunicação / Assessoria de Imprensa

ÚLTIMAS NOTÍCIAS