FCDL/SC tem pedido atendido e Governo autoriza prova de calçados

A Federação das CDLs de Santa Catarina obteve junto ao Governo do Estado a liberação para que os clientes possam provar peças de calçados antes das compras. A prática estava proibida em razão da pandemia da Covid-19, para evitar a disseminação do novo Coronavírus. A FCDL/SC protocolou pedido junto ao governo estadual, que decidiu alterar o inciso I do artigo 8º da Portaria SES nº 257 de 21 de abril de 2020.

As provas estão autorizadas desde que sejam utilizados um plástico filme no calçado – e, após experimentar a peça, a proteção deve ser trocada ou higienizada. A regra também vale para a prova de acessórios e bijuterias, que devem ser devidamente limpos após contato com consumidores. No entanto, continua proibida para peças de roupas.

“Essa é mais uma pequena vitória para o nosso setor. Estamos encontrando soluções para minimizar o impacto no difícil cenário atual. Precisamos nos adaptar à realidade, protegendo os lojistas, seus colaboradores e, acima de tudo, nossos clientes”, explica Ivan Tauffer, presidente da FCDL/SC.

Roberto Kreitchmann / PalavraCom

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CBF e clubes mantêm proibição de torcedores em jogos do Brasileirão

Os torcedores de futebol deverão permanecer fora dos estádios durante os próximos jogos da Série A do Campeonato Brasileiro. Em decisão anunciada na tarde deste sábado (26),...

Briga por cocô de cachorro acaba em morte em Blumenau

Uma discussão antiga entre vizinhos acabou em morte na tarde deste sábado (26), no bairro Velha Grande, em Blumenau. Segundo a Polícia Militar, o...

A mandioca, gostosa e versátil, faz bem à saúde e foi até o ‘alimento do século’

A mandioca acaba de ser promovida de “alimento dos pobres” para “alimento do século 21”. Quem afirma é a Organização das Nações Unidas para...

Motoristas que disputaram “racha” no centro da cidade prestarão serviços comunitários

A 2ª Câmara Criminal do TJ condenou dois homens que participaram de uma corrida de carro, em prática popularmente conhecida como racha, em cidade do...