Falso veterinário é descoberto em TB

A Polícia Civil de Tubarão identificou um homem, de 62 anos, suspeito de atuar ilegalmente como veterinário em um pet shop no Centro da cidade.

O nome dele e o local onde trabalhava não foram informados. Segundo a polícia, investigações apontaram que o homem prestava serviços sem a devida formação acadêmica, prescrevendo remédios e aplicando vacinas em animais domésticos.

“Diante das apurações iniciais e do fato de o suspeito já possuir antecedentes criminais pelos mesmos fatos, foi representado por busca e apreensão domiciliar no local de trabalho e na residência do alvo”, explicou a polícia.

Os mandados foram cumpridos ontem. Diversos medicamentos, seringas, carteiras de vacinação e outros objetos que comprovam a atividade ilícita foram apreendidos.

Um inquérito será instaurado e  o suspeito responderá por maus-tratos a animais e exercício ilegal da profissão. Como não houve flagrante delito, ele não foi preso.

A operação policial foi feita por meio da Divisão de Crimes Ambientais da Polícia Civil de Tubarão, com apoio do Conselho Regional de Medicina Veterinária e da Vigilância Sanitária de Tubarão.

Com informações do Diário do Sul

ÚLTIMAS NOTÍCIAS