Faculdade Satc inicia segundo semestre com foco nas multiplataformas

Ver nas situações adversas uma oportunidade de aprender é o que faz a acadêmica Ana Caroline Teixeira. Aos 19 anos, ela está na 6ª fase do curso de Engenharia Química da Faculdade Satc e, como os colegas da graduação, precisou se reinventar neste período de pandemia. “Acredito que é tempo de ficarmos em casa e nos cuidarmos, mas também de inovarmos e nos reinventarmos porque em breve poderemos estar todos juntos novamente”, pondera Ana.

Tempos desafiadores exigem medidas diferentes. Conectar quem está a quilômetros de distância, difundir conhecimento e estimular o aprendizado tem sido feito de maneira especial nos últimos meses. “Para poder dar conta desse momento, a Satc investiu em tecnologia, com equipamentos de ponta na área de TI e que dão suporte às aulas multiplataformas, além de treinamento online aos professores sobre as tecnologias de ensino. Também os docentes têm demonstrado um cuidado especial para se aproximar cada vez mais dos acadêmicos, mesmo estando distantes fisicamente”, ressalta o coordenador geral da Faculdade Satc, Jovani Castelan.

O desafio é para professores e alunos, que precisaram se adaptar rapidamente a uma situação nova. “O segundo semestre começou com um jeito de tranquilidade, porque já tivemos a experiência no primeiro semestre na correria de adaptar tudo. Agora, a expectativa é conseguir chamar a atenção dos alunos com aquelas metodologias que deram certo no primeiro semestre”, reforça a professora Vanessa Lima.

Com energias renovadas para encarar o segundo semestre, os educadores sentem falta do contato presencial com os estudantes. “Isso, às vezes, dá uma sensação de vazio, já que estamos longe dos alunos. Mas não podemos desanimar. É preciso agir, criar novos meios de, mesmo longe, estar perto, como se estivéssemos na sala de aula com eles”, pondera o professor Anderson Daleffe.

Novas ferramentas para aulas multiplataformas 

A Faculdade Satc tem procurado estar um passo à frente. Hoje, o trabalho é realizado de maneira remota, com professores e alunos separados fisicamente. Nos próximos meses, dependendo do comportamento da pandemia, haverá a possibilidade de interação presencial. Mesmo assim, a Instituição vai trabalhar com as aulas multiplataformas mediadas por tecnologias de comunicação, que incluem as aulas remotas, aulas EaD e gravação de aulas.

“A nossa metodologia inclui como abordagem o ensino híbrido, envolvendo a aula remota e também a presencial. A utilização de multiplataformas é algo que está pronto. Capacitamos os professores com ferramentas novas. Houve um investimento em servidores, atualização de softwares, mesas digitalizadoras, internet e rede de Wifi, tudo para dar suporte ao professor, para que ele consiga fazer sua aula para os alunos que estiverem presencialmente e para os que vão continuar de casa”, esclarece a coordenadora de EaD da Satc, Jaqueline Godoi.

Satc desde pequena, como faz questão de destacar, Ana vem crescendo junto com a escola, onde ingressou ainda no ensino fundamental. “Fico muito feliz por estar em uma Instituição tão organizada e também por possuir professores e coordenadores tão dedicados que, mesmo frente a uma pandemia, não nos deixaram desamparados”, pondera a acadêmica.

Assessoria de Imprensa da Satc

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Urussanga e Balneário Gaivota | Registram óbitos causados pela Covid-19

As cidades de Urussanga e Balneário Gaivota voltaram a registrar óbitos causados pela Covid-19 ontem sábado (19). Em Urussanga, uma mulher de 91 anos,...

Como a Covid-19 afeta o cabelo dos infectados; pessoas relatam queda massiva

Diversas pessoas ao redor do mundo estão relatando uma aumento no queda de cabelos após terem sido infectados pela covid-19. Cientistas espanhóis estudam a questão, mas a...

Mundo | Governo da Sicília doará 3 mil euros para quem casar na ilha

Para estimular o turismo e o faturamento das empresas do setor, o governo da Sicília está oferecendo 3 mil euros para os casais que...

Facebook é acusado de assistir usuários do Instagram via câmera do celular

O Facebook está sendo processado por assistir usuários do Instagram via câmera do celular, mesmo quando ela está desativada no aplicativo, afirma uma notícia do site Bloomberg. Segundo o portal...