InícioSegurançaEx-funcionário cobra R$ 700 mil para não divulgar segredos de empresa

Ex-funcionário cobra R$ 700 mil para não divulgar segredos de empresa

Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) investiga um homem, de 59 anos, suspeito de desviar mais de R$ 800 mil do caixa de uma empresa de turismo, onde trabalhava. Após ser demitido por justa causa, o suspeito passou a extorquir o ex-patrão exigindo R$ 700 mil em troca de não divulgar segredos que comprometeriam a credibilidade do estabelecimento comercial.

“Durante as investigações, o homem foi intimado a comparecer para prestar sua versão dos fatos. No entanto, apesar de intimado várias vezes, não se apresentou. Em vez disso, ele novamente enviou uma carta com ameaças, exigindo que a vítima retirasse o inquérito policial para que os segredos da empresa não fossem divulgados nas redes sociais. Desse modo, o envolvido foi indiciado por extorsão e coação no curso do processo”, explicou o delegado-chefe da 5ª DP, Gleyson Mascarenhas.

 

Metrópoles DF Mirelle Pinheiro Carlos Carone

Foto : Hugo Barreto/Metrópoles