Estados e municípios têm até hoje 30 de julho para se inscreverem no programa Tempo de Aprender, do MEC

Estados e municípios têm até esta quinta-feira (30) para se inscreverem no programa Tempo de Aprender, do Ministério da Educação (MEC). O objetivo é fortalecer ações de alfabetização, a partir da formação continuada de professores, com a realização de cursos e intercâmbios. O programa também foca no apoio pedagógico para a alfabetização, com a disponibilização de recursos para custear a compra de materiais didáticos, e na valorização dos profissionais de alfabetização, com incentivos financeiros para professores, diretores e coordenadores com bom desempenho.

A inscrição no programa Tempo de Aprender deve ser feita pelas secretarias estaduais e municipais de educação. Os secretários precisam preencher um formulário com informações de contato e CPF. O link está disponível no site do Ministério da Educação.

De acordo com a pasta, 3.715 secretarias estaduais e municipais já preencheram o formulário indicando interesse em participar do programa. O número inclui o Distrito Federal, 18 capitais e 11 secretarias estaduais.

Reportagem: Daniel Marques – Fonte: Brasil 61

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Prefeitura do Rio decide fazer réveillon sem fogos, com live e jogos de luz

O réveillon no Rio de Janeiro em 2020 não terá grande queima de fogos e shows na Praia de Copacabana. A proposta da Riotur...

Programa de Aquisição de Alimentos recebem mais de 1.500 propostas de agricultores familiares

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) recebeu propostas de 27.229 agricultores familiares para o Programa de Aquisição de Alimentos, na modalidade Compra com Doação...

Testes da CoronaVac são iniciados em cinco centros de pesquisa

O governador de São Paulo, João Dória (PSDB), informou nesta quarta-feira (5) que cinco centros de pesquisa vão integrar os testes da vacina CoronaVac...

STF mantém decisão do ministro Marco Aurélio e proíbe cortes no Bolsa Família

O Supremo Tribunal Federal (STF) manteve decisão do ministro Marco Aurélio Mello que proibiu cortes no Bolsa Família. Em março, o ministro havia decidido...