Espírito Santo é o 1º estado a comprar Coronavac do Butantan

O Espírito Santo, administrado por Renato Casagrande (PSB), é o primeiro estado a comprar doses de vacinas do Butantan. A oportunidade surgiu com o encerramento do compromisso de entrega de doses pelo instituto ao governo federal, previsto para o fim de setembro (o Butantan planeja entregar todo o quantitativo acordado até a segunda quinzena do mês).

O estado adquiriu 500 mil doses de Coronavac. Os imunizantes serão usados na população com 18 anos ou mais, liberando as doses de Pfizer e AstraZeneca enviadas pelo governo federal para aplicação prioritária em quem tem mais de 70 anos e adolescentes.

O Ministério da Saúde decidiu aplicar uma terceira dose das vacinas contra Covid-19 em idosos acima de 70 anos e imunossuprimidos, a partir do dia 15 de setembro, usando preferencialmente os imunizantes da Pfizer ou AstraZeneca, excluindo até o momento a Coronavac.

A redução na capacidade protetora das vacinas já foi verificada para todos os tipos de imunizantes, mas ela é muito mais acentuada nas vacinas de vírus inativado, como é o caso da Coronavac. Por isso, especialistas têm recomendado a aplicação das vacinas desse tipo em adultos, que apresentam maior aumento na taxa de anticorpos neutralizantes.

Como mostrou o jornal Folha de S.Paulo, a decisão do ministério é respaldada pela comunidade científica.

Em São Paulo, porém, o governador do estado, João Doria (PSDB), tem defendido a utilização de qualquer imunizante que estiver disponível no momento da aplicação da dose de reforço.

A aplicação de uma dose adicional em pessoas com mais de 90 anos começa em São Paulo na amanhã segunda-feira (6).

Reportagem: Fábio Zanini/FOLHA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS