Espanha reabre fronteiras para brasileiros vacinados e aceita CoronaVac

Espanha anunciou a reabertura de suas fronteiras, a partir desta terça-feira (24), para turistas brasileiros totalmente imunizados contra a Covid-19. Segundo o consulado espanhol no Brasil, todas as vacinas serão aceitas: Janssen, de dose única, e PfizerAstraZeneca e CoronaVac, de duas doses. Com o anúncio dessa última entre os imunizantes aceitos, o governador João Doria (PSDB) comemorou a inclusão da vacina produzida no Instituto Butantan, que ainda não é aceita em alguns países da União Europeia para viajantes internacionais.

“Com o avanço da vacinação em São Paulo e no Brasil, outros países devem seguir o caminho da Espanha. A retomada gradativa e segura do turismo está sendo possível graças às vacinas”, comemorou Doria em postagem no Instagram.

Para a entrada no país após a reabertura das fronteiras, será necessário apresentar certificado de vacinação e ter esperado 14 dias após a segunda dose da vacina. O certificado precisa estar traduzido para espanhol, o que pode ser feito no site Conecte Sus ou no aplicativo Conecte Sus, disponível para Android e iOS. O viajante também terá que preencher um formulário de controle sanitário, em que um QR code é gerado e deve ser apresentado no embarque e na chegada ao país europeu.

Diferentemente de outros momentos da pandemia, a Espanha agora não exigirá quarentena obrigatória após a chegada e tampouco a apresentação de exame PCR negativo para os viajantes vacinados. Entretanto, testes de Covid-19 podem ser exigidos no aeroporto do país, de acordo com a decisão das autoridades locais e com o contexto da questão sanitária da Covid na Europa.

Segundo o consulado espanhol, na chegada ao país europeu, todos os passageiros serão submetidos a uma avaliação – pode ser apenas uma medição de temperatura, verificação de documentos e “verificação visual de seu estado”. Qualquer pessoa pode ter sua entrada negada por motivos de saúde pública. Leia a íntegra de nota emitida pelo consulado aqui.

Não vacinados

A entrada de brasileiros não vacinados na Espanha ainda está permitida, desde que apresentado teste PCR negativo feito em menos de 72 horas antes do desembarque no país ou certificado de recuperação de Covid-19 de ao menos 11 dias antes da viagem, que também deve estar traduzido.

Reportagem: redação/VEJA/São Paulo

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS