InícioMundoEquador declara emergência de saúde animal após surto de gripe aviária

Equador declara emergência de saúde animal após surto de gripe aviária

QUITO (Reuters) – O governo do Equador declarou uma emergência de saúde animal nesta quarta-feira devido a um surto de gripe aviária altamente patogênica H5N1, informou o Ministério da Agricultura.

O surto de gripe aviária foi detectado pela primeira vez no fim de semana em uma granja na província andina de Cotopaxi, ao sul da capital do país, Quito, desencadeando iniciativas de quarentena em áreas potencialmente infectadas.

Cerca de 180 mil aves na área devem ser abatidas para impedir a propagação do vírus, disse o ministério em comunicado.

O governo disse que a gripe aviária não oferece risco à saúde da população, e garantiu a segurança do consumo de ovos e carne de frango.

“Durante os próximos 90 dias não será possível movimentar aves, produtos e subprodutos de origem aviária como ovos, frangos, galinhas, entre outros, das fazendas afetadas pelo surto”, acrescentou o ministério.

As autoridades locais disseram que o contágio detectado representa apenas 0,15% da população avícola do país, que conta com cerca de 263 milhões de frangos e 16 milhões de aves poedeiras.

O setor avícola equatoriano possui 1.810 fazendas e gera 1,8 bilhão de dólares, cerca de 23% do Produto Interno Bruto (PIB) agrícola.

(Reportagem de Alexandra Valência)

ISTOÉ DINHEIRO