Empresário fala da possibilidade de Pedras Grandes ter passeio de balões

Pedras Grandes começa a discutir a possibilidade de se tornar uma opção para o setor de balonismo. Na última quarta-feira, dia 18, o empresário do ramo Aquilino Gimenes esteve na prefeitura para tratar do assunto.

Piloto há 30 anos, Gimenes conta que estava em Praia Grande, para fazer voos e dar aulas, quando foi convidado pelo prefeito de Pedras Grandes, Agnaldo Filippi, para esclarecer algumas dúvidas em relação ao balonismo. “É a semente de um projeto, o pontapé inicial”, define.

Gimenes diz que foi uma reunião bastante produtiva, com trocas de ideia e informações. “Há possibilidade de ter balão em Pedras Grandes. Ali tem um vento predominante da serra que leva em direção a cidade. Mas o balão não serve só para passeio, serve também para divulgação, para merchandising. Há muitas possibilidades”, explica.

O empresário afirma que está disposto a auxiliar o município na iniciativa, com toda a sua experiência no segmento. Ele conta que o balonismo é um negócio complexo, que precisa estar atrelado a investimentos no setor hoteleiro, por exemplo, para se tornar sustentável. Ou seja, os voos teriam de estar associados a outras ações para atrair turistas e visitantes.

“Parece que tem uma pessoa interessada em construir um pequeno resort na cidade. É o caminho. Se tiver hóspede, vai oferecer esse passeio. Balão é complexo. Não pode sair por aí gastando dinheiro”, comenta.

Segundo ele, uma das possibilidades seriam os balões fixos, presos por cordas ao solo. “Eles ficam subindo e descendo, as crianças adoram. Dá para levar nas escolas. Primeiramente, poderia ser um balão pequeno para quatro, cinco pessoas, com logomarca da empresa interessada em investir nisso”, diz.

Piloto experiente e empresário do ramo, Gimenes viaja o mundo inteiro tratando da modalidade. Daqui a um mês, em 20 de setembro, ele embarca para o Uzbequistão.

Willian Reis | Pedras Grandes | Folha Regional
Foto: reprodução
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS