Empresa terá de indenizar mulher que se machucou ao cair de patinete

Uma mulher que sofreu lesões após cair de um patinete compartilhado defeituoso deverá ser indenizada em R$ 4 mil, a título de danos morais. A decisão é do 2º Juizado Especial Cível de Brasília.

A mulher pleiteou indenização por danos morais e estéticos após sofrer lesões corporais enquanto utilizava o patinete. À Justiça, ela narrou que houve um emperramento da manopla em posição de aceleração, que impedia a frenagem ou redução da velocidade e, por isso, precisou jogar-se do equipamento, a fim de minimizar danos e evitar envolver-se em acidente maior.

A empresa não compareceu à sessão conciliatória e não ofereceu contestação, deixando de comprovar fato impeditivo, modificativo ou extintivo do direito pleiteado. Assim, foi imposto o reconhecimento dos efeitos da revelia para a presunção de veracidade dos fatos apresentados na petição inicial.

MIRELLE PINHEIRO

Foto: Divulgação

ÚLTIMAS NOTÍCIAS