Emissões globais de metano batem recorde histórico e preocupam cientistas

Dois artigos publicados no dia 14 de julho mostram que as emissões globais de gás metano atingiram os maiores níveis já registrados em toda a série histórica. Segundo um dos responsáveis pela publicação dos artigos, o cientista Rob Jackson, da Universidade de Stanford, nos EUA, os principais motivos por trás do triste recorde são o crescimento da mineração de carvão, da produção de petróleo, de gás natural, a criação de gado e ovelhas, e a profusão de aterros por todo o mundo. O aumento registrado foi de 9%, ou 50 milhões de toneladas por ano em nossa atmosfera desde o ano 2000.

© iStock

Para se ter uma mínima ideia do impacto sobre o meio ambiente, o aumento registrado é equivalente a colocar nas ruas novos 350 milhões de carros, ou ao dobro de todas as emissão do gás de países como Alemanha ou França. O Metano é um gás incolor e sem cheiro, mas 28 vezes mais poluente que o monóxido de carbono, capaz de reter o calor por um período de cerca de 100 anos.

© Pixabay

Estima-se, segundo cientistas, que a ampliação da emissão de metano pode aumentar a temperatura média em até 4ºC até o final do século.

 

Mais da metade das emissões de metano no planeta são oriundas da ação humana, especialmente a partir da produção de gado bovino e do uso de combustível fóssil. De acordo com o estudo, as atividades agrícolas representam dois terços da emissão, enquanto os combustíveis fósseis são responsáveis por praticamente todo o restante das emissões. Novos estudos irão em breve determinar as emissões por conta das queimadas na Amazônia. Os artigos foram publicados nas revistas Earth System Science Data e Environmental Research Letters.

Fogo na Amazônia em 2019 © Getty Images

por: Vitor Paiva

Foto :© Pixabay

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Confira seu horóscopo exclusivo agora

O CAMINHO DOS ASTROS 51 A vida é um coletivo Urano teve vários filhos, como detestava a todos, mantinha-os presos no interior de Gaia, a Terra....

Urussanga e Balneário Gaivota | Registram óbitos causados pela Covid-19

As cidades de Urussanga e Balneário Gaivota voltaram a registrar óbitos causados pela Covid-19 ontem sábado (19). Em Urussanga, uma mulher de 91 anos,...

Como a Covid-19 afeta o cabelo dos infectados; pessoas relatam queda massiva

Diversas pessoas ao redor do mundo estão relatando uma aumento no queda de cabelos após terem sido infectados pela covid-19. Cientistas espanhóis estudam a questão, mas a...

Mundo | Governo da Sicília doará 3 mil euros para quem casar na ilha

Para estimular o turismo e o faturamento das empresas do setor, o governo da Sicília está oferecendo 3 mil euros para os casais que...