Eleição 2020: indícios de irregularidades em doações de campanhas já ultrapassam R$ 35 milhões

Um levantamento mais recente em relação a prestação de contas de candidatos nas Eleições 2020 mostra indícios de irregularidades que ultrapassam R$ 35 milhões. Esta é a segunda rodada de identificação de indícios de irregularidades. A maior ocorrência é de doações realizadas por pessoas sem emprego formal registrado, cujos valores somam mais de R$ 21 milhões e envolve 5.362 doadores.

Em seguida, aparecem 1.145 doadores com renda incompatível com o valor doado,  as doações realizadas por esses chegam a quase R$ 10 milhões. Outra irregularidade apontada é que 1.146 fornecedores sem registro ativo na Junta Comercial ou na Receita Federal receberam R$ 1,9 milhão por serviços prestados durante a campanha deste ano.

ELEIÇÕES 2020: TSE e WhatsApp divulgam dados da parceria para combate à desinformação

Eleições 2020: Saiba como funciona a logística para realizar um processo eleitoral

Há ainda fornecedores com sócios, representantes ou familiares que receberam Bolsa Família e também doadores que receberam o programa. Além disso, 416 fornecedores têm relação de parentesco com candidato ou seu vice. Por fim, oito doadores constam no Sistema de Controle de Óbitos (Sisobi) e, ainda assim, aparecem como doadores de uma quantia total de R$ 8.690,00.

O levantamento é realizado pelo Núcleo de Inteligência da Justiça Eleitoral, que envolve, além do TSE, outros seis órgãos federais. A partir desses dados, os juízes eleitorais podem determinar diligências para comprovar a procedência do indício de irregularidade e utilizar essas informações para fins de exame e julgamento da prestação de contas de campanha eleitoral.

Reportagem: Rafaela Gonçalves

Fonte: Brasil 61

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MUNDO | Como a Nasa consegue contar árvores do espaço?

Recentemente, falamos aqui sobre a descoberta de quase dois bilhões de árvores no meio do deserto do Saara. Isso só foi possível graças a...

Professor que acumulava aulas com assessoria parlamentar é condenado por improbidade

Um professor do Vale do Itajaí teve condenação em ação civil pública, proposta pelo Ministério Público, confirmada nesta semana em decisão da 3ª Câmara...

Confira dicas de segurança sobre compras Online

Desconfie de ofertas fora dos valores de mercado: Não se deixe levar por ofertas imperdíveis. É recomendável acompanhar os preços de mercado. Nunca acesse links em...

LAURO MÜLLER | Rua Prefeito Flávio Righetto, começa a receber sinalização

O Governo de Lauro Müller vem instalando, nas últimas semanas, placas de sinalização de trânsito na rua Prefeito Flávio Righetto, no Centro. A via...