Ela foi presa ao recusar devolver quase R$ 7 milhões depositados em sua conta

Você já pensou “nossa, como seria bom se alguém depositasse R$ 1 milhão por engano na minha conta?”. Pois é, isso aconteceu com uma mulher de  33, moradora de Nova Orleans, em Louisiana. Um engano de seu banco acabou depositando US$ 1,2 milhão de dólares (por volta de R$ 7 milhões) em sua conta bancária.

Ela viu o depósito e acabou fazendo o que queria: comprou uma casa e um carro rapidamente e nem deu tempo para que o banco reparasse o seu erro e pegasse o dinheiro de volta.

A estadunidense de Lousiana acabou presa por utilizar o dinheiro. De fato, como ela não tem como declarar a origem do dinheiro, a questão se torna um problema. Infelizmente, depósitos por engano não são como dinheiro achado na rua, especialmente em uma quantia tão grande como a recebida por ela.

“Não é dinheiro dela. Ela não tem direito legal a esse dinheiro. Mesmo que tenha sido colocado lá por engano, foi um erro de contabilidade”, disse o capitão Jason Rivarde, da polícia de Jefferson Parish. Ela é uma atendente do 911, o 190 dos EUA. A posição dela recebe, em média, 3 mil dólares por mês. Ela teria de trabalhar 30 anos para juntar os 1,2 milhão de dólares recebidos por engano.

Em 2019, um jovem da Georgia, nos EUA, acabou recebendo cerca de 30 mil dólares – quantia bem mais modesta – e utilizou o dinheiro para comprar uma BMW: ele foi condenado a 3 anos de prisão por um crime similar ao de roubo.

Em Louisiana, a mulher pode enfrentar uma detenção ainda mais grave. Segundo a legislação do estado, ela pode pegar mais de 10 anos de prisão. 75% do valor já foi recuperado pela empresa. De fato, o contrato entre a atendente e o banco previa que qualquer valor depositado por engano poderia ser estornado.

Redação Hypeness 

Foto: Getty Images

ÚLTIMAS NOTÍCIAS