Dicas de chás para amenizar a ansiedade e aumentar a imunidade

O inverno é o momento exato para abusar dos chás e aproveitar todos os benefícios das folhas e flores. Durante a temporada fria, eles ajudam a prevenir gripes e resfriados, servem para aquecer o corpo e manter o bom funcionamento do corpo.

“Tomar chá é um ritual que proporciona uma sensação de aconchego, tranquilidade, relaxamento e é benefício para a saúde. As plantas contam com propriedades nutricionais que ajudam a prevenir doenças e deixam o organismo mais fortalecido. A dica é: aproveite cada gole para desfrutar lentamente o sabor e sentir o aroma prazerosamente. Está liberada a inclusão de gotas de própolis e mel, outra opção é colocar canela ou cravo”, pontua Diana Dall Agnol da Bodytech Mont’Serrat.

A nutricionista listou alguns chás para aumentar a imunidade e amenizar a ansiedade. Conheça os benefícios e as propriedades de cada um e escolha o seu preferido:

**Ansiedade**

Camomila: age no sistema digestivo e nervoso, ameniza a ansiedade e a sensação de mal estar, tem ação estimulante de cicatrização e reduz os incômodos causados por cólicas e espasmos durante a menstruação.

Erva cidreira: alivia dores de cabeça e tosse, melhora a qualidade do sono, atenua sintomas de ansiedade e nervosismo e promove o bem-estar e a tranquilidade.

Lavanda: rica em óleos essenciais que possuem propriedades antidepressivas, é cicatrizante, ameniza dores musculares e reumatismo, hipertensão, problemas cardíacos, acalma os nervos e ajuda a dormir.

Maracujá: diminui inflamações, melhora o sono, reduz sinais de envelhecimento precoce e quantidade de glicose no sangue, combate a insônia, possui vitaminas A, B e C e fibras que ajudam a equilibrar a flora intestinal.

Valeriana: aumenta os níveis de melatonina, ajuda a induzir ao sono e tem propriedades sedativas e tranquilizantes. É contraindicado para gestantes.

**Imunidade**

Guaco: tem ação anti-inflamatória, expectorante, broncodilador, antiasmático e antioxidante.

Limão: utilizado de várias maneiras na alimentação, é uma fonte rica em nutrientes e vitaminas. O fruto libera polifenóis que protegem a pele, os cabelos e garantem mais energia para o corpo, contém vitamina C; por ter propriedades diuréticas é um excelente aliado no combate à retenção de líquido e elimina toxinas, desintoxica o organismo, diminui o inchaço e a pressão arterial e combate gripes e resfriados.

Gengibre: excelente opção para regular a pressão arterial, combate azia e gases intestinais, auxilia na perda de peso e melhora os sintomas de náuseas.

Alho: fortalece o sistema imunológico, protege a saúde do coração, aliado importante na diminuição do colesterol e é rico em vários minerais, como potássio, cálcio e magnésio.

Chá verde: possui grande quantidade de antioxidante, cafeína, aminoácido, vitaminas B, E, C, cálcio, zinco, potássio, magnésio e ferro proporcionando mais saúde. O consumo da planta aumenta o desempenho físico, ajuda a emagrecer, combate infecções, diminui o risco de desenvolver diabetes, melhora a função cerebral, o humor e a digestão.

Dica da especialista: dê preferência aos chás naturais (folhas/flores); ferva a água, depois coloque na xícara uma colher de sopa da planta, deixando em infusão por um período de cinco a 10 minutos.

Por: Fernanda Sene

Email: fernanda.sene@fscomunicacaoestrategica.com

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quase 150 redes ilegais são apreendidas no complexo lagunar

Uma operação realizada nesta sexta-feira, 18, pela Polícia Militar Ambiental (PMA), de Laguna, com apoio da corporação de Florianópolis, resultou na retirada de 142...

Treviso | Promove o Dia D Testagem para Covid-19 hoje sábado 19

A Secretaria de Saúde de Treviso vai promover o Dia D Testagem para Covid-19, neste sábado, das 8h às 17h, sem fechar ao meio-dia. Todos os moradores, devidamente...

O Mineiro de carvão do distrito de Guatá, homenageado pela sua coragem e bravura…

Esta homenagem está localizada na praça de entrada do distrito de Guatá em Lauro Müller desde 2013, gestão do prefeito  Fabrício.

Educação: Os números do Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2019 revela que o Brasil continua perdendo a corrida educacional. Elaborado a cada dois anos...