Dica | Festival de Cinema Judaico versão online

“Hebraica e MIS trazem dois filmes inéditos ao evento, que tem, prévia em agosto da tradicional mostra adiada por conta da pandemia”.

Famoso evento do calendário cultural, o Festival de Cinema Judaico Hebraica de São Paulo terá, esse ano, por conta da pandemia, uma edição pocket e online de dois grandes filmes inéditos no Brasil: o francês Mais que Especiais, de Olivier Nakache e Éric Toledano, com Vincent Cassel, e Quando Hitler Roubou o Coelho Cor-De-Rosa, da diretora alemã Caroline Link, vencedora do Oscar de melhor filme estrangeiro em 2003.

Com total segurança, na plataforma do You Tube do MIS, os filmes serão acessados mediante prévia solicitação (número limitado): de 4 a 13 de agosto no site hebraica.org.br

SERVIÇO – 24º PRÉ-FESTIVAL DE CINEMA JUDAICO DE SÃO PAULO

– Data para solicitação de link de acesso 4 a 13 de agosto no hebraica.org.br

– Filme: Mais que Especiais / Dia: 15 de agosto / Horários: 15h e 20h

– Filme: Quando Hitler Roubou o Coelho Cor-De-Rosa / Dia: 16 de agosto

-Horários: 15h e 20h

-Gratuito

Colaboração: Timerman Comunicação – yeda@timerman.com.br

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Prefeitura do Rio decide fazer réveillon sem fogos, com live e jogos de luz

O réveillon no Rio de Janeiro em 2020 não terá grande queima de fogos e shows na Praia de Copacabana. A proposta da Riotur...

Programa de Aquisição de Alimentos recebem mais de 1.500 propostas de agricultores familiares

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) recebeu propostas de 27.229 agricultores familiares para o Programa de Aquisição de Alimentos, na modalidade Compra com Doação...

Testes da CoronaVac são iniciados em cinco centros de pesquisa

O governador de São Paulo, João Dória (PSDB), informou nesta quarta-feira (5) que cinco centros de pesquisa vão integrar os testes da vacina CoronaVac...

STF mantém decisão do ministro Marco Aurélio e proíbe cortes no Bolsa Família

O Supremo Tribunal Federal (STF) manteve decisão do ministro Marco Aurélio Mello que proibiu cortes no Bolsa Família. Em março, o ministro havia decidido...