Deficiente visual vai representar Tubarão em evento de fisiculturismo

Tubarão terá uma representante no Sardinha Classic, competição de fisiculturismo que acontece em Camboriú neste fim de semana. Laura Boppré Justino, de 50 anos, encara a competição levando consigo uma história de superação.

Laura, que ficou cega do olho esquerdo há 20 anos, vai participar da competição por um convite direto do organizador do evento, Fernando Luís, o Fernando Sardinha, um dos tradicionais nomes do fisiculturismo brasileiro e, assim como a tubaronense, com problemas de visão.

Essa será a primeira vez dela em uma competição. Laura conta que está muito empolgada com o evento, pois haverá uma recepção especial por conta dessa circunstância envolvendo a superação e a deficiência visual.

“Vai ser uma coisa bem especial, fui convidada pelo próprio Fernando, que irá me apresentar no palco do evento. Eles estão preparando algo bem legal por eu ser deficiente visual e com 50 anos aceitar o desafio de participar de um evento esportivo assim pela primeira vez”, explica Laura.

Laura vai participar do evento com apoio da prefeitura de Tubarão, por meio da Fundação Municipal de Esporte (FME). Para ela, essa chance de estar no evento é uma forma clara de determinação. “Porque a pessoa com deficiência é geralmente discriminada. Sinto isso na pele. Mas aprendi a não dar importância, pois sei quem sou e sei da minha limitação, mas também sei da minha capacidade. O esporte me impediu de entrar numa depressão e desistir. Ele me iguala a todo mundo. Espero que os desafios que eu enfrento diariamente mostrem às pessoas que todo mundo é capaz. As suas limitações, a genética ou a idade não são fatores limitantes. O limite está na nossa mente”, afirma.

Fonte: Diário do Sul

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS