Curso de Corte e Costura qualifica para o mercado de trabalho mais 23 mulheres em São Ludgero

Com um misto de muita alegria, emoção e motivação mais 23 mulheres receberam o certificado de conclusão do Curso de Corte e Costura, disponibilizado pela Prefeitura de São Ludgero, através da Secretaria de Assistência Social e Habitação, com a coordenação e fiscalização da Associação Sãoludgerense de Assistência Social (Asas). O ato de entrega foi realizado hoje, terça-feira, 19 de novembro, às 19 horas, no Centro Cultural Multiuso Dimas Schlickmann.

Foram duas turmas que durante 8 meses, com aula uma vez por semana, adquiriram conhecimento sobre máquinas de costura, costuras retas, modelagem básica, aprenderam a confeccionar peças simples e noções sobre acabamentos. As aulas foram ministradas pela instrutora Rainildes Schulz de Souza, a Dida, e realizadas em uma das salas do Centro Cultural Multiuso Dimas Schlickmann. Ao comentar sobre o curso a professora faz uma avaliação muito positiva sobre o desempenho das participantes. “Foi muito aprendizado, troca de experiências, e novas amizades formadas”, conta. Ela completa relatando que muitas das participantes não tinham quase nenhuma noção sobre corte e costura. “É gratificante ver a evolução e hoje todas confeccionando peças”, ressalta.

Marizete de Souza Ezequiel, 53 anos, moradora do bairro Bela Vista, uma das formandas do curso, diz que aprendeu muito, que já está fazendo as costuras básicas em casa e que a Prefeitura está aplicando muito bem o dinheiro público disponibilizando a capacitação. “Tomei conhecimento do curso em 2018, fiz a inscrição no início deste ano e tive a oportunidade de participar. A professora é ótima, as colegas alegres e estou muito feliz e satisfeita com o aprendizado que já estou colocado em prática”, revela.

Sobre os cursos o Secretário de Assistência Social e Habitação, Valcemir Villani, presente nas entregas, parabeniza as participantes e lembra que anualmente as melhorias estão se concretizando em relação ao Curso de Corte e Costura. “Hoje temos máquinas e um espaço muito bom para realização das capacitações. Vamos seguir melhorando”, ressalta. Para as representantes da Associação Sãoludgerense de Assistência Social e Habitação, Simonete Locks Weber e Maria Duzolina Sizenando Lembeck, a Dú, a capacitação tem vários benefícios, entre eles, o fato de ampliar a oportunidade no mercado de trabalho e a contribuição para o aumento da renda familiar. Já para o prefeito de São Ludgero, Ibaneis Lembeck, o Iba, é gratificante ver que o investimento público está indo ao encontro do que a comunidade deseja. “As manifestações e a participação das mulheres no curso nos motiva a seguir melhorando e investindo nas capacitações”, declara.

Bertoldo Kirchner Weber – Assessor de Comunicação de São Ludgero

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Bombeiros abrem inscrições para curso de guarda-vidas civil

Até o próximo dia 10 de outubro, o Corpo de Bombeiros Militar de Laguna estará com inscrições abertas para o curso de formação e...

Avião do governo do Estado está no leilão da próxima quarta-feira

A Secretaria de Estado da Administração realiza na quarta-feira (30/09), um super leilão de bens móveis, contendo 265 lotes no total. Entre o que...

“King Kong em Asunción” vence o Festival de Cinema de Gramado

O Festival de Cinema de Gramado divulgou, na noite deste sábado (26), os vencedores de sua 48ª edição, realizada de forma totalmente virtual. Por meio de...

Governo deve destinar mais R$ 10 bilhões para 3ª fase do Pronampe

O governo federal, por meio do Ministério da Economia, deve destinar mais R$ 10 bilhões para uma 3ª fase do Pronampe (Programa Nacional de...