Cuidados com a prevenção da dengue devem ser mantidos em Forquilhinha

Os cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika devem ser mantidos em Forquilhinha. O alerta é da Vigilância Sanitária, após identificar um foco do mosquito transmissor da dengue, na área central da cidade.

“É importante que as famílias verifiquem o seu domicílio e o entorno dele uma vez por semana para identificar e eliminar possíveis criadouros. Não temos a circulação do vírus, apenas a presença do mosquito”, explica o coordenador da Vigilância Sanitária, Fabrício Ferreira.

A orientação é conservar a caixa d’água, tonéis e barris de água bem fechados; tratar águas de piscinas com cloro e limpar uma vez por semana; manter as lixeiras tampadas e secas; não jogar lixo em terrenos baldios; manter garrafas com boca virada para baixo; acondicionar pneus em locais cobertos; proteger ralos sem tampa com telas finas, encher pratinhos de vasos de plantas com areia até a borda e lavá-los uma vez por semana são algumas das medidas de prevenção, entre outras ações.

Números

Nos últimos anos, foram sete focos encontrados no município, sendo dois em 2018, três em 2019, um em 2020 e um em 2021. Informações entrar em contato pelo telefone 3463-1694.

 Cris Freitas: Gerente de Comunicação/Prefeitura de Forquilhinha

ÚLTIMAS NOTÍCIAS