Criciúma | Vigilância Epidemiológica encontra foco do mosquito da dengue

A Vigilância Epidemiológica de Criciúma encontrou oito larvas do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. Os agentes identificaram as larvas em uma armadilha implantada pelo Programa de Combate à Dengue, no Terminal Rodoviário de Criciúma no dia 28 de dezembro.

De acordo com o supervisor dos agentes de endemia, Robson Teller, a partir da identificação, foi iniciado o processo de Delimitação de Foco (DF) num raio de 300 metros a partir do local. A área delimitada recebe visitas dos profissionais da vigilância. “Esse é o primeiro foco que nós encontramos nos últimos dias, os agentes estão trabalhando na identificação de possíveis casos”, contou Teller.

Segundo a agente de endemia, Marina Casagrande Zanette, os cuidados nessa época do ano devem ser redobrados e não somente com a dengue, mas também com carrapatos e escorpiões. “É bom ficar atento às calhas entupidas e lajes, fora o fato de não deixar acumular água no lixo, pneus e até mesmo nos vasinhos de plantas”, explicou.

As denúncias podem ser feitas através da Ouvidoria pelo telefone 156.

Por | Francine Ferreira – Beatriz Formanski

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTIGO | Nesta pandemia, cuidado com o uso em excesso dos fones de ouvido

"Mais de 1 bilhão de jovens está com a audição ameaçada, segundo a OMS". Os fones de ouvido têm sido um acessório indispensável durante esta...

SC: metade dos municípios têm perdas com ciclone

Na última terça-feira (30) Santa Catarina foi o estado mais atingido com o ciclone bomba. Ventos de até 120 km/h destruíram propriedades e plantações....

O comércio de Orleans ficará aberto pela manhã e a tarde…

Os logistas estão na expectativa de mai um "Sábado Tem Mais".

MUNDO | Uruguai lança campanha de reativação do turismo

O Ministério de Turismo do Uruguai aposta na reativação do turismo seguro mediante a adoção de um restrito protocolo dirigido a gastronomia e hotelaria...