Criciúma | Projeto possibilita autonomia às famílias do Bairro da Juventude

Desde outubro, o Bairro da Juventude coloca em prática o Projeto “Cidadania Para a Vida”. A ação possibilita autonomia às famílias no momento da doação de alimentos e produtos de higiene e limpeza. Na ação, as pessoas tem a oportunidade de escolher os itens necessários para seu lar. O projeto contempla famílias atendidas pela Instituição ou encaminhadas e cadastradas nos serviços da rede socioassistencial do município.

“Desde abril de 2020, a instituição já efetuava entregas de cestas básicas e kits de higiene e limpeza prontos, através da campanha do Fundo Emergencial, mas enxergamos nessa nova forma de atendimento características que trabalham a cidadania, o empoderamento e respeito ao próximo”, revela a assistente social do Bairro da Juventude, Fabiana Bardini Pereira.

Cada família recebe mensalmente uma pontuação a partir de um atendimento realizado pela equipe social. Os dados socioeconômicos são inseridos numa plataforma que gera automaticamente um ranking de vulnerabilidade, dentro das necessidades apresentadas pelas famílias. Após o resultado da pontuação, a família recebe um crédito solidário que poderá ser utilizado no período de 30 dias.

Saiba mais sobre o assunto e sobre o selo “Amigos do Bairro da Juventude” na entrevista completa com o coordenador de Mobilização de Recursos do Bairro, Carlos Roberto Roncáglio, durante o programa Ponto de Encontro:

Após o recolhimento dos dados, a escolha dos produtos já é efetivada pela família com auxilio da assistente social através da plataforma. “Como entregávamos as cestas básicas fechadas, muitas famílias relatavam que alguns itens não eram utilizados com tanta frequência e por isso acabavam sobrando. Nesse momento, sentimos que era importante discutir a melhor forma de atender as necessidades de cada grupo familiar”, afirma Fabiana.

A vendedora autônoma Schaiane da Silva Thereza, mãe de dois filhos que frequentam o Bairro da Juventude, conta a felicidade de poder fazer a escolha dos produtos. Quem tem criança em casa sabe que, muitas vezes, elas gostam de produtos que não são frequentes em nossa rotina. “E com essa nova opção dada pelo Bairro, conseguimos oferecer outros itens a elas. É uma estratégia que também faz a criança fazer parte”, conta Schaiane.

Os atendimentos ocorrem as quintas e sextas-feiras, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h, através de agendamentos pelo WhatsApp, telefone ou de maneira presencial, seguindo todos os protocolos de segurança.

Campanha Selo “Amigos do Bairro da Juventude”

A campanha consiste no uso de um selo em produtos e serviços industrializados e/ou comercializados, visando a canalização de recursos com base no salário mínimo, em benefício do Bairro da Juventude. O desenvolvimento da região passa pelo envolvimento de todos. E os gestores, que já possuem esta visão, sabem que aliar a corporação a uma entidade socialmente responsável, aproxima a empresa da sociedade e do seu próprio público alvo, construindo uma imagem positiva de sua marca.

Para o coordenador Beto, o projeto gera visibilidade positiva para as empresas que usam o selo. “Através do selo, a empresa acaba ocasionando o impacto social com os investimentos e o Bairro reverte isso nos atendimentos da instituição. Empresas que trabalham a questão da responsabilidade social, acabam sendo observadas de forma diferente pela comunidade e com todos que de alguma maneira se relacionam com a marca”, comenta.

Colaboração: Michele Picolo / Assessoria de Comunicação

ÚLTIMAS NOTÍCIAS