Coronavírus: atendimento humanizado chama a atenção de pacientes em Morro da Fumaça

Com sintomas semelhantes ao do coronavírus, Dorotéia Stela Sangaletti Bortolin, a Téia procurou o Centro de Triagem montado na área central de Morro da Fumaça e se disse surpresa com todo o atendimento, dedicação e preparação dos profissionais que lhe atenderam. “Pensei que iriam apenas ver a minha temperatura, mas foi muito mais que isso. Já na chegada dois profissionais me atenderam, fizeram diversas perguntas, mediram a temperatura, a pressão sanguínea, depois fui atendida pelo médico que fez todos os procedimentos necessários”, comenta.

Além de todo o atendimento citado por Dorotéia, no mesmo instante ela já fez o teste para Covid-19 que, dias depois, apontou negativo. “Sai de lá com o teste feito e ainda me entregaram três remédios. Todos os profissionais conversando o tempo todo comigo, me tranquilizando. Sempre fazendo perguntas sobre como eu estava me sentindo. Mais perguntas, inclusive, do que em um atendimento particular”, enfatiza.

Depois disso, a moradora de Linha Torrens permaneceu em isolamento domiciliar, acompanhando as orientações recebidas no atendimento realizado no Centro de Triagem. “Fiquei surpresa com todo o ótimo atendimento. Durante o isolamento me orientaram a procurar o Centro de Triagem novamente em caso de alteração do meu quadro”, pontua.

A criação do Centro de Triagem (CT) foi uma das primeiras ações do Governo Municipal de Morro da Fumaça para enfrentamento da pandemia. Inicialmente a estrutura funcionava na comunidade de Vila Rica, sendo transferida na sequência para o Salão Paroquial da Matriz São Roque.

Em torno de 300 atendimentos no Centro de Triagem

Até agora, o local já recebeu em torno de 300 pessoas com sintomas semelhantes aos do coronavírus. “Além de facilitar o acesso dos usuários com quadro suspeito de Covid-19, o Centro de Triagem proporciona maior segurança aos  profissionais de saúde que atendem nas unidades de saúde e aos pacientes que procuram as unidades para outros serviços e atendimentos necessários”, fala a secretária do Sistema de Saúde, Francieli Maragno.

A secretária diz também que a estrutura conta com uma equipe fixa que se atualiza constantemente quanto às notas técnicas e normativas.

A proposta do Centro de Triagem, que funciona no Salão Paroquial da Igreja Matriz São Roque, é fazer uma avaliação inicial de todos os pacientes que apresentem sinais e sintomas indicativos de síndrome gripal para identificar possíveis casos da doença, evitando superlotação e aglomeração nas unidades de saúde. ” A equipe de atendimento conta com médico, enfermeiro, técnico de enfermagem, farmacêutico e zeladora.  A princípio está sendo utilizada a parte superior do salão paroquial, sendo a parte inferior poderá ser ocupada também caso haja uma superlotação nos hospitais. “Temos pensado em todas as possibilidades”, cita a secretária.

Horário de atendimento

O Centro de Triagem atende de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h, após este horário, nos finais de semana e feriados, aqueles que apresentarem sintomas gripais intensos, febre e/ou dificuldade para respirar, deverão dirigir-se ao Hospital de Caridade São Roque.

O acesso é pela frente do salão paroquial, na Rua Vinte de Maio, onde há uma faixa contendo a orientação.

Município de Morro Da Fumaça

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quase 150 redes ilegais são apreendidas no complexo lagunar

Uma operação realizada nesta sexta-feira, 18, pela Polícia Militar Ambiental (PMA), de Laguna, com apoio da corporação de Florianópolis, resultou na retirada de 142...

Treviso | Promove o Dia D Testagem para Covid-19 hoje sábado 19

A Secretaria de Saúde de Treviso vai promover o Dia D Testagem para Covid-19, neste sábado, das 8h às 17h, sem fechar ao meio-dia. Todos os moradores, devidamente...

O Mineiro de carvão do distrito de Guatá, homenageado pela sua coragem e bravura…

Esta homenagem está localizada na praça de entrada do distrito de Guatá em Lauro Müller desde 2013, gestão do prefeito  Fabrício.

Educação: Os números do Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2019 revela que o Brasil continua perdendo a corrida educacional. Elaborado a cada dois anos...