Comércio registra reação gradual nas vendas do Dia dos Namorados

O consumidor catarinense estava ansioso em voltar a frequentar lojas e a comprar – e o dia dos namorados provou o retorno gradual do movimento do comércio. Mesmo diante das dificuldades impostas pela pandemia de Covid-19, que tornava previsível a queda no volume de vendas, a retração foi inferior à projetada. Se comparado com o mesmo período do ano passado, o recuo foi de 7,41%, conforme a base de dados do SPC/SC.

“Os lojistas estão se mobilizando para mostrar que os clientes encontrarão um ambiente de segurança sanitária nos seus estabelecimentos e procurando sensibilizar os desejos de consumo, reprimidos por quase três meses”, explicou Ivan Tauffer, presidente da Federação das CDLs de SC.

 Tauffer lembrou que “o desemprego e a queda na renda familiar impactam diretamente na capacidade de compra dos catarinenses”, mas que já será possível perceber uma nova reação até a próxima data especial do varejo – o dia dos pais, em agosto. “As CDLs dispõem de campanhas de marketing e ferramentas de gestão para fornecer aos lojistas e proporcionar a superação do desafio histórico que vivemos”, assegurou.

André Seben / Jornalista / PalavraCom

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

LOTÉRICA ORLEANS INFORA: Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 29 milhões

A Lotérica Orleans informa que ninguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena, sorteadas no sábado (18), os números sorteados no Concurso 2.309 foram 09,...

Capital e mais 15 municípios do RJ vão retomar aulas presenciais a partir desta segunda-feira

RIO - A capital e mais quinze municípios do Estado do Rio de Janeiro retomam nesta segunda-feira, 19, as aulas presenciais para as turmas da 3ª...

Dois homens são condenados por latrocínio e ocultação de cadáver de taxista em Urussanga

Réus que mataram e roubaram taxista no início deste ano para comprar drogas foram condenados a penas de 27 e 31 anos de prisão.   O...

MUNDO | Profissionais da saúde e grupos de risco terão prioridade na vacinação em NY, diz Cuomo

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, disse neste domingo que os profissionais da saúde e populações no grupo de risco terão prioridade em...