Comércio deve reabrir na próxima semana

Uma reunião na tarde desta quinta-feira, 9, em Florianópolis, discute os detalhes para a retomada de mais atividades em Santa Catarina, a partir da próxima segunda-feira, 13, segundo informou o secretário da Casa Civil, Douglas Borba, em entrevista ao ‘Bom Dia Santa Catarina’, da NSC TV.

A volta do comércio é um dos assuntos do encontro, que deve estabelecer os meios para a operação segura dos estabelecimentos e formas de evitar aglomeração, para barrar a possível circulação do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

“O Estado começa de fato a estudar mais flexibilizações, mais retomadas graduais seguras das atividades, sobretudo no comércio. Em outras atividades como a indústria, principalmente o setor produtivo, tivemos pouco impacto em um primeiro momento”, disse Borba.

De acordo com o secretário, o grupo irá trabalhar para que Carlos Moisés (PSL) anuncie no sábado, as novidades referentes ao retorno de atividades. Entretanto, deixou claro durante a entrevista que serviços de transporte coletivo e eventos não devem ser liberados tão cedo. “Devemos evitar aglomerações, essas atividades ficarão no fim da fila. A gente está falando certamento do transporte público, que foi o principal vetor de contágio nos países europeus. Eventos e shows nós também descartamos neste momento”, frisou.

O Governo de Santa Catarina decretou isolamento social há quase um mês, inicialmente com os serviços essenciais funcionando. Posteriormente, exceções permitiram que bancos, correios, e outras atividades retornassem ao trabalho. O mais próximo da liberação comercial, foi a volta das lojas que trabalham com venda de chocolates, em virtude da proximidade com a Páscoa.

Na última terça-feira, 7, em coletiva de imprensa, o governador disse que a tendência é que a situação se agrave no Brasil nas próximas semanas e todos os cuidados ainda são necessários. “É um esforço de todos para a proteção de todos. O isolamento social ainda é o método mais efetivo para evitar a Covid-19. Nossas medidas já trouxeram resultados positivos, a curva de crescimento de casos está mais atenuada e tenho certeza que, com o esforço dos catarinenses, vamos sair dessa crise que atinge o mundo todo”, avaliou Carlos Moisés.

No mesmo dia, Moisés afirmou que o Estado recebeu recomendação do Ministério da Saúde para que seja analisada algumas medidas de flexibilização para iniciar a transição para o distanciamento social seletivo. A orientação é válida para estados que adotaram restrições ao convívio onde, atualmente, o número de pacientes internados com Covid-19 não tenha ocupado mais de 50% da capacidade de leitos existentes antes da pandemia.

“Com o resultado positivo das três semanas de isolamento social, podemos avançar para a etapa de transição, sempre com muita responsabilidade e avaliação constante do contágio por coronavírus no nosso estado”, pontuou o governador.

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Nova Veneza com 602 curados zera casos ativos da covid-19

O boletim epidemiológico distribuído pela Secretaria de Saúde de Nova Veneza no fim da tarde deste sábado, 26, confirmou uma boa notícia sobre a...

Milionária Mensal de R$ 1.350.000,00 é de Orleans

A Lotérica Orleans está em festa, desta vez a casa trouxe sorte para um Orleanense que faturou o primeiro da Loteria Federal 5500, Milionária...

Empresas catarinenses poderão doar parte do ICMS para projetos aprovados pela FCC

Já está em vigor o decreto que cria a Lei do Mecenato em Santa Catarina. Com a medida, empresas catarinenses poderão doar parte do...

Tratada como “louca”, mulher que abrigou 150 gatos abandonados em casa será indenizada

Uma moradora do Litoral Norte do Estado, protetora de animais, será indenizada em mais de R$ 120 mil por danos morais e materiais pelo...