Colmeia inteligente e feita de plástico é proteção a mais para abelhas

A start-up alemã HIIVE criou uma colmeia artificial que promete ajudar apicultores e abelhas em todo o mundo. O espaço é feito com matérias-primas sustentáveis e imita completamente as especificações de uma casa de abelhas selvagens.

A colmeia artificial passou por uma fase de testes de um ano antes de receber abelhas em seu interior. Ela foi desenvolvida por Philip Potthast e Fabian Wischmann.

A HIIVE é uma solução para todos os apicultores interessados ​​na sustentabilidade e na apicultura adequada às espécies. Também visa os apicultores iniciantes, que gostamos de chamar de ‘abelhas-novas’, além de pessoas que se interessam por abelhas e apicultura porque querem ter um impacto positivo em nosso ecossistema“, explicam os colegas.

A HIIVE afasta a necessidade de utilizar produtos químicos, como o ácido fórmico, que prejudicam os insetos. Mesmo sem esse e outros elementos semelhantes, a colmeia artificial mantem os parasitas longe.

Philip e Fabian analisam um dos primeiros protótipos da Hiive.

Anteriormente, pesquisadores haviam identificado que partes ocas de árvores eram melhores para as abelhas constuírem colmeias. Assim, os desenvolvedores da Hiive criaram uma colmeia artificial que simula esse ambiente.

Encontramos estudos que descrevem como as abelhas criam colmeias na natureza, e as colônias se dão muito bem nas partes ocas da árvore“, explica Philip Potthast.

O tronco falso de árvore é feito de plástico reciclável, forrada com lã de cânhamo e argila. A colmeia, feita em uma impressora 3D, fica no topo dessa superfície.

Muitos estudos sugerem que as abelhas, que vivem em seu habitat natural, são menos suscetíveis ou mais capazes de lidar com parasitas como o ácaro Varroa. Nossa visão com o HIIVE é dar aos apicultores a oportunidade de manter seus animais o mais livre possível de produtos químicos e o mais adequado à sua natureza“, observam.

Redação Hypeness

Fotos: Hiive/Divulgação

ÚLTIMAS NOTÍCIAS