COCAL DO SUL | Governo Municipal construirá canal auxiliar para conter as cheias na área central

A prefeitura de Cocal do Sul entregou essa semana a ordem de serviço para construção do canal auxiliar do Rio Tigre, que passa em baixo da empresa Eliane. A obra será pelo Programa FINISA da Caixa Econômica Federal, com investimento de R$ 1,17milhão, cerca de 270 metros de extensão e previsão de quatro meses para a conclusão. A empresa que vai executar a obra é a Zaluz Terraplenagem e Transportes.

A obra deve encerrar com o drama dos morados que moram próximo a Câmara de Vereadores e que ficam apreensivo a cada chuva. Como Luciano Casagrande, que mora no local a cerca de 18 anos. Segundo ele, que já passou por alguns alagamentos, o pior foi em 2010, quando choveu dois dias e meio. “Tive um prejuízo em torno de R$ 30mil. A cheia foi de mais de um metro acima da rua. Entrou muita água dentro de casa e acabou com meus moveis, que eram de MDF. Sem falar da sujeira, onde passamos a noite em claro, com muito lodo. Só fomos terminar de limpar tudo no dia seguinte, as duas horas da tarde”, recorda.

O vizinho de Luciano, Ademir Woyciekowski, o Polaco, também relembra os prejuízos dele e do pai, que também morava nas proximidades. “Já tive prejuízo com móveis, que com água entortou tudo. Quando meu pai morava ali, também perdeu tudo dentro de casa. Qualquer chuva um pouco mais duradoura e enchia tudo de água bem rápido. Uma vez quase chegou na janela”, descreve Polaco.

Tanto Luciano, quanto Polaco, descrevem uma certe expectativa com a obra. “Algumas pessoas me diziam que prefeito nenhum iria fazer, porque era dinheiro enterrado”, diz Luciano, que afirma ter cobrado muito uma solução da administração pública, inclusive organizando abaixo assinado em 2010, com quase duas mil assinaturas. “A obra não tem preço. Alguém precisava fazer. Uma obra igual a essa é muito importante para esse bairro”, afirma Polaco.

Segundo o prefeito Ademir Magagnin, a obra já estava no plano de governo e será um alivio para quem mora nas proximidades do Escritório da Empresa. “O Rio Tigre ganha mais vasão, o que diminuirá bastante os riscos de alagamento nos dias de chuva mais forte”, analisa o prefeito.

Antônio Rozeng: Assessoria de Imprensa: Prefeitura de Cocal do Sul

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

O Mineiro de carvão do distrito de Guatá, homenageado pela sua coragem e bravura…

Esta homenagem está localizada na praça de entrada do distrito de Guatá em Lauro Müller desde 2013, gestão do prefeito  Fabrício.

Educação: Os números do Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2019 revela que o Brasil continua perdendo a corrida educacional. Elaborado a cada dois anos...

Criciúma | CDL reúne lojistas e profissionais do varejo para cocriar o Natal 2020

"Evento realizado virtualmente teve como intuito construir de forma coletiva a maior data do comércio". A manhã desta sexta-feira (18) foi marcada pela inovação, criatividade...

Produtores de arroz de SC não são responsáveis pelo preço

Os altos preços pagos pelo arroz alcançaram uma pequena parcela dos produtores catarinenses, avalia Gláucia Padrão, analista do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola...