Cidades terão verba federal extra para ‘caçar’ e monitorar o coronavírus

O governo federal vai fazer a partir de outubro uma liberação excepcional de 370 milhões de reais para os municípios de todo o país e para o Distrito Federal rastrear e monitorar casos da Covid-19.  O dinheiro será transferido automaticamente, sem a necessidade de pedido dos gestores locais. O dinheiro será direcionado para as ações de vigilância em saúde e de saúde da família.

Na portaria que determinou a liberação, o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, afirma que a medida considerou a “necessidade de planejar e executar respostas adequadas para o enfrentamento da Covid-19, que sejam condizentes com a velocidade da mudança no cenário epidemiológico e o potencial esgotamento da capacidade instalada dos serviços de saúde”.

A expectativa, segundo o governo, é promover a identificação precoce e a assistência adequada aos infectados e interromper a cadeia de transmissão e diminuir o contágio e o número de casos novos da doença. Entre as ações previstas, afirma Pazuello, estão a “redução da circulação de pessoas com sintomas leves para os serviços de urgências ou hospitais, o rastreamento e monitoramento dos contatos de casos de Covid-19 e a identificação de casos graves para encaminhamento aos serviços de urgência e emergência de referência”.

Continua após a publicidade

O dinheiro poderá ser usado para pagar até novembro um continente extra de médicos, enfermeiros, agentes comunitários de saúde, assistentes sociais e outras 22 categorias. A portaria determina o número de profissionais que poderão ser custeados por município, de acordo com a população e o quantitativo de pessoas cadastradas por equipe de Saúde da Família. Para cada agente foi fixado o valor de 6.000 reais – eles terão de cumprir jornadas semanais de 20 horas.

Os profissionais deverão abastecer um banco integrado de dados da doença. Com as informações colhidas, acredita o governo, será possível fazer a avaliação regular da situação epidemiológica local e dar efetividade e qualidade às ações de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

Informação da VEJA.com

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mutirão de Emprego acontece online e tem 5 mil vagas abertas

A partir desta segunda-feira (28), a 5ª edição do Mutirão de Emprego oferecerá 5 mil vagas na capital e nas cidades da região metropolitana...

FORQUILHINHA | Centro de Triagem Coronavírus em novo horário a partir de outubro

O Centro de Triagem Coronavírus vai funcionar em novo horário a partir desta quinta-feira, 1, em Forquilhinha. O atendimento será realizado de segunda a...

Adoção consciente é a melhor vacina contra os maus-tratos e o abandono de animais

"Esta campanha educativa ressalta que é preciso plantar a semente da caridade para colher os frutos do amor". No isolamento social, as pessoas com receio...

Mulheres são 13% dos candidatos a prefeituras

BRASÍLIA - Com poucos incentivos e barreiras históricas, as mulheres ainda são uma parcela pequena na disputa pelas prefeituras: representam apenas 13,05% (2.495) dos 19.123 candidatos...