Céu de outubro terá chuva de meteoros orionídeos e lua azul

O mês de outubro guardará diversas surpresas astronômicas para os entusiastas do céu. Além de uma chuva de meteoros resultantes do Cometa Halley, nós terráqueos ainda poderemos observar o raro fenômeno da Lua Azul – é claro que é bom avisar que o nosso satélite não vai ficar azul mesmo – na chegada do dia das bruxas, lá no finzinho de outubro de 2020 (sim, também estamos chocados que chegamos no mês .

No Chile e na Argentina, será possível observar a Lua encobrindo o planeta vermelho, o que, particularmente, nos deixou com uma invejinha dos hermanos.

Falando no planeta vermelho, no dia 13 veremos a oposição de Marte. Esse é o momento em que o nosso vizinho de sistema solar fica mais visível para nós, com forte brilho vermelho no céu e visibilidade altíssima, podendo ser observado de todos os cantos do planeta.

Já no dia 21, teremos a chuva de meteoros orinídeos. O nome dessa chuva está relacionada à direção em que podemos observá-la: esses meteoros são detritos do Cometa Halley e a observação deles é na região da Constelação de Órion, também conhecida como Três Marias. Para enxergá-los, é só ir a um local bem escuro a partir da meia-noite e ficar concentrado no leste da abóbada celeste.

E pra finalizar o mês, teremos uma lua azul, um fenômeno raro que só vai acontecer novamente em 2039; o nome desse evento é um pouco enganoso, mas ainda assim, ele é incrível. Lua azul é o nome que se dá para quando temas duas luas cheias no mesmo mês.
Redação Hypeness
Foto: © Getty Images
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS