Cestas básicas do Agro Fraterno são entregues em Timbó Grande

O Programa Agro Fraterno – ação nacional que foca na doação de alimentos às famílias do meio rural afetadas pela pandemia da COVID-19 – foi lançado na quinta-feira (19) em Timbó Grande, no meio oeste catarinense. O evento reuniu autoridades locais e estaduais, bem como o público cadastrado pela Prefeitura para receber as doações.

Em Santa Catarina, a ação é do Sistema FAESC/SENAR-SC (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural e Federação da Agricultura e Pecuária do Estado), com a coordenação do presidente José Zeferino Pedrozo, em parceria com as entidades e organizações que fazem parte do Fórum Permanente do Agro Catarinense.

Ao todo, são 10 mil cestas básicas para doações às famílias em duas etapas nos 10 municípios contemplados no Estado. O 1º vice-presidente de secretaria da FAESC, João Francisco de Mattos, representou o presidente Pedrozo no evento e enfatizou a importância da iniciativa para auxiliar a população do campo que passa por dificuldades. Comentou sobre a participação do agro no PIB brasileiro, bem como sobre a carga tributária incidente sobre a produção do agronegócio e explicou sobre os critérios da escolha dos municípios beneficiados pelo IDH. Destacou, ainda, que essa união de forças entre as entidades do agronegócio é uma medida essencial para auxiliar os municípios a ajudar as famílias que precisam desse apoio tão importante.

Além das cestas básicas, de 15 kg cada, foi entregue ao prefeito de Timbó Grande Valdir Cardoso o catálogo com a lista de treinamentos gratuitos oferecidos pelo SENAR/SC. Mattos, que esteve acompanhado pela supervisora regional da entidade Carine Weiss, também reforçou a missão da entidade que é realizar a educação profissional, a assistência técnica e gerencial e as atividades de promoção social, visando contribuir com o desenvolvimento da produção de forma sustentável e gerar renda às famílias.

O prefeito agradeceu à parceria do Sistema FAESC/SENAR-SC e demais entidades e órgãos envolvidos no movimento, além de destacar a expressividade da iniciativa para contribuir com o município no auxílio às famílias necessitadas. Também estiveram presentes no evento o Padre Eliseu Rosinski que iniciou os trabalhos com uma bênção dos alimentos recebidos pelo município, a primeira dama Denise Hoffmann de Souza, o presidente da Câmara de Vereadores Daniel Hoffmann de Souza, o secretário de Promoção Social Edson Luiz Batista dos Santos, o presidente do Sindicato Rural de Lebon Régis Luis Francisco Moreira, o representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Claudionor José Matoso, o representante da Secretaria de Agricultura Jucelino Cardoso dos Santos, entre outros.

PARCERIAS

O Sistema FAESC/SENAR-SC aderiu ao movimento nacional juntamente com as demais entidades e órgãos que compõem o Fórum Permanente do Agro Catarinense: Organização das Cooperativas (OCESC), Federação dos Trabalhadores na Agricultura (FETAESC), Federação das Cooperativas Agropecuárias (FECOAGRO), Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados (Sindicarne), Associação Catarinense de Avicultura (ACAV) e Secretaria de Estado da Agricultura da Pesca e do Desenvolvimento Rural. A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social apoia com a logística de entrega e seleção dos beneficiários.

O Agro Fraterno foi criado pela Confederação Nacional da Agricultura (CNA), juntamente com o SENAR, a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e as entidades do Instituto Pensar Agro (IPA).

Reportagem: MB Comunicação Empresarial/Organizacional

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS