Cervejas sem álcool ganham espaço com jovens que pretendem beber menos

Com a tendência de buscar uma vida mais saudável, jovens tentam diminuir o consumo de bebidas alcólicas. De olho nesse mercado, surgem negócios especializados em cervejas sem álcool.

Em Londres, a Nirvana Brewery oferece sete variedades da bebida, com opções que vão de stout a pale ale, incluindo aí uma cerveja com chá verde. Aberto em 2017, o negócio foca apenas no potencial das geladas não alcoólicas e fabrica cerca de meio milhão de garrafas por ano.

O que antes correspondia a um nicho específico para agradar o paladar de pessoas que não poderiam beber, hoje é uma tendência. No Reino Unido, o consumo de cervejas com baixo ou nenhum teor alcóolico aumentou 28% nos últimos 12 meses, de acordo com uma pesquisa da concultoria britânica CGA citada pela BBC. O número leva em consideração os últimos 12 meses até fevereiro comparados com o mesmo período no ano anterior.

Em geral, uma cerveja pode ter até 0,5% de álcool para ser considerada sem álcool. Com essa quantidade, é impossível que alguém fique realmente bêbado, mesmo que consuma muitos litros da bebida. No Reino Unido, no entanto, as leis são mais restritas e o máximo permitido para que uma cerveja seja considerada não alcoólica é de 0,05%.

No Brasil, este mercado ainda é novo, mas mostra um grande potencial de crescimento nos próximos anos. Segundo a Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva) citada pela mesma reportagem, os rótulos de cerveja sem álcool saltaram de 70 para 700 no país nos últimos 10 anos.

Redação Hypeness

Foto: Elevate

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CBF e clubes mantêm proibição de torcedores em jogos do Brasileirão

Os torcedores de futebol deverão permanecer fora dos estádios durante os próximos jogos da Série A do Campeonato Brasileiro. Em decisão anunciada na tarde deste sábado (26),...

Briga por cocô de cachorro acaba em morte em Blumenau

Uma discussão antiga entre vizinhos acabou em morte na tarde deste sábado (26), no bairro Velha Grande, em Blumenau. Segundo a Polícia Militar, o...

A mandioca, gostosa e versátil, faz bem à saúde e foi até o ‘alimento do século’

A mandioca acaba de ser promovida de “alimento dos pobres” para “alimento do século 21”. Quem afirma é a Organização das Nações Unidas para...

Motoristas que disputaram “racha” no centro da cidade prestarão serviços comunitários

A 2ª Câmara Criminal do TJ condenou dois homens que participaram de uma corrida de carro, em prática popularmente conhecida como racha, em cidade do...