Cegero é parceira dos sócios e entidades durante período difícil da pandemia Covid-19

O Conselho Administrativo da Cooperativa de Eletricidade de São Ludgero (Cegero) tomou atitudes favoráveis aos associados e a comunidade durante este período de impactos negativos motivados pela pandemia do Coronavírus. Entre elas, decidiu manter o fornecimento de energia elétrica para todas as residências até junho, mesmo diante de possíveis inadimplências, está cobrando apenas a demanda medida para consumidores de alta tensão, segue com os repasses mensais sociais às entidades, decidiu oportunizar apoios extras ao Hospital Santa Teresinha e Secretaria Municipal de Saúde, além de oportunizar o desconto de 100% até o consumo de 220 kWh/mês para beneficiados pela Tarifa Residencial Baixa Renda.

É importante informar que além das decisões do Conselho Administrativo a atual gestão segue as medidas adotadas através da Resolução nº 878/2020 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), através da Medida Provisória nº 950/2020 do Governo Federal. Em relação aos repasses financeiros mensais, a Cegero mantem rigorosamente em dia os repasses a Rede Feminina de Combate ao Câncer, Apae, Unidade Sanitária Central de Saúde (Pronto) e Hospital Santa Teresinha com valores que totalizam R$ 29.000,00. Diante da situação delicada, o Conselho Administrativo da Cegero, decidiu também apoiar financeiramente a Pastoral Social, fazer um repasse extra para o Hospital Santa Teresinha, dar apoio a ação social promovida pela Associação Comercial Industrial do Vale do Braço do Norte (Acivale) e ainda oportunizar um reforço de investimento na saúde de São Ludgero no enfrentamento da Covid-19 chegando ao total de repasses no valor de R$ 100.000,00.

O presidente da Cegero, Francisco Niehues Neto, o Chico, é objetivo em dizer que as decisões tomadas pelo Conselho Administrativo só estão sendo possíveis graças a gestão enxuta que vem sendo realizada, alinhado a planejamento e o foco exclusivo nos princípios cooperativistas.

As medidas adotadas pela Cegero na distribuição de energia:

– Postergação de prazos de pagamento das faturas durante o período de isolamento social;

– Não realização da suspensão do fornecimento por inadimplência (corte por falta de pagamento) de unidades consumidoras residenciais, incluindo baixa renda, além de serviços e atividades consideradas essenciais até dia 22 de junho de 2020;

– Manutenção do cadastro das famílias vinculadas a tarifa social;

– Desconto de 100% para o consumo de até 220 kWh/mês nos meses de abril, maio e junho dos consumidores beneficiados pela Tarifa Residencial de Baixa Renda;

– Cobrança apenas da demanda medida de consumidores faturados em alta tensão, nos meses de abril, maio e junho.

Os apoios financeiros mensais às entidades mantidos pela Cegero:

– Rede Feminina de Combate ao Câncer de SL = R$ 5000,00 mensais;

– Apae de São Ludgero = R$ 4.000,00 mensais;

– Unidade Sanitária Central de Saúde (Pronto) = R$ 15.000,00 mensais (manutenção do plantão médico e outros custos);

– Hospital Santa Teresinha = R$ 5.000,00 mensais.

Repasses extras para reforçar apoio durante o período da pandemia Covid-19:

– Pastoral Social = R$ 25.000 anuais para auxílio aos acamados e famílias carentes;

– Hospital Santa Teresinha = R$ 50.000,00 (para aquisição de equipamentos e EPI´S para o enfrentamento da Covid-19);

– Grupo de ajuda promovido pela ACIVALE = R$ 5.000,00. Ao todo o grupo de ajuda arrecadou R$ 41.400,00, que foram utilizados na aquisição de EPI´S para o Hospital Santa Teresinha de Braço do Norte/SC e para o Hospital Nossa Senhora da Conceição de Tubarão/SC;

– Secretária de Saúde de São Ludgero: R$ 20.000,00 para enfrentamento a Covid-19.

Comunicação: Cegero

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CBF e clubes mantêm proibição de torcedores em jogos do Brasileirão

Os torcedores de futebol deverão permanecer fora dos estádios durante os próximos jogos da Série A do Campeonato Brasileiro. Em decisão anunciada na tarde deste sábado (26),...

Briga por cocô de cachorro acaba em morte em Blumenau

Uma discussão antiga entre vizinhos acabou em morte na tarde deste sábado (26), no bairro Velha Grande, em Blumenau. Segundo a Polícia Militar, o...

A mandioca, gostosa e versátil, faz bem à saúde e foi até o ‘alimento do século’

A mandioca acaba de ser promovida de “alimento dos pobres” para “alimento do século 21”. Quem afirma é a Organização das Nações Unidas para...

Motoristas que disputaram “racha” no centro da cidade prestarão serviços comunitários

A 2ª Câmara Criminal do TJ condenou dois homens que participaram de uma corrida de carro, em prática popularmente conhecida como racha, em cidade do...