Caxambu do Sul define áreas prioritárias de investimento no turismo

Turismo aquático, de lazer, esportivo e rural são os principais eixos de atuação estratégica do setor definidos pelo município de Caxambu do Sul, no oeste catarinense. A decisão faz parte das verticais estratégicas disponibilizadas pelo Programa Cidade Empreendedora, que é executado pela Administração Municipal e pelo Sebrae/SC. Participam ativamente do planejamento estratégico dessa solução representantes do Conselho Municipal de Turismo (COMTUR).

De acordo com a consultora credenciada ao Sebrae/SC e turismóloga, Karla Hall, até o momento foram realizadas várias visitas para reconhecer o destino e para elencar os potenciais que podem ser explorados no município, além de quatro seminários que apontaram as ações prioritárias. “Conhecemos várias propriedades rurais com atrativos diversos, que podem atuar de maneira conjunta por meio de rotas rurais. Para inspirar os participantes do Grupo de Trabalho e os empreendedores rurais realizaremos no dia 8 de setembro uma missão técnica para conhecer a rota Delícias de Arvoredo, que completou recentemente dois anos de atividades”, antecipa.

Os próximos passos depois da missão técnica, segundo a consultora, serão as definições de ações para o Plano Estratégico do Turismo que busca definir medidas necessárias para promover o desenvolvimento sustentável do turismo. O trabalho envolve: análise do mercado turístico (demanda e oferta); análise da infraestrutura básica e dos serviços gerais encontrados; análise do quatro institucional; análise dos aspectos socioambientais; consolidação do diagnóstico estratégico, validação da seleção da área turística; análise SWOT participativa; missão e visão do turismo e estratégias para o desenvolvimento do turismo.

 

Outra ação foi a elaboração de um projeto de equipamento turístico junto ao lago da Barragem Foz do Chapecó, uma estrutura turística às margens do Rio Uruguai. “Fizemos o projeto do equipamento turístico da Prainha no lago da Usina Hidrelétrica Foz do Chapecó que será apresentado primeiramente para a comunidade, porém a previsão é de que seja o principal eixo de desenvolvimento do município”, analisa Karla.

“Aproveitaremos as belezas naturais e criaremos em uma área de aproximadamente 10 mil metros quadrados espaços de lazer, prática esportiva, eventos e confraternização das famílias. Nossa intenção é investir fortemente no setor e por isso disponibilizaremos a estrutura necessária com Prainha com trapiche, restaurante, playground, marina, largador de barcos, casa do artesanato e produtos coloniais, trilhas com cascatas, entre outras atrações”, enfatiza o prefeito Glauber Burtet.

O acesso até a Prainha (do centro da cidade até o portal de entrada) será todo asfaltado, com ciclovia e pista para caminhada, o que proporcionará acesso facilitado a todos os públicos. Caxambu do Sul é banhado pelo Rio Uruguai e tem uma orla de aproximadamente 55 quilômetros de extensão, entre os municípios de Guatambu e Águas de Chapecó.

Reportagem: MARCOS A. BEDIN

ÚLTIMAS NOTÍCIAS