Caso da variante Delta em Garopaba e outras 19 cidades

A Secretaria de Estado da Saúde recebeu da Fiocruz, na noite de segunda-feira (9), a confirmação de mais 25 testes positivos para a variante Delta do novo coronavírus em Santa Catarina. Com isso, já são 36 casos confirmados, em 20 cidades, dentre elas Garopaba, que tem um caso confirmado e outro em investigação.

Estão na lista as cidades de Araquari, Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Barra Velha, Biguaçu, Bom Jardim da Serra, Bombinhas, Camboriú, Chapecó, Florianópolis, Garopaba, Itajaí, Joinville, Mafra, Penha, Rio do Sul, São Bento do Sul, São Francisco do Sul, São Joaquim e São José (veja detalhes na tabela abaixo).

Por enquanto, quatro contaminações são consideradas autóctones, de transmissão local. São três em Joinville, e uma em Balneário Piçarras. Outros sete casos são considerados importados, e os demais (25) seguem em investigação quanto ao local de contaminação.

As amostras foram enviadas à Fiocruz por meio do programa de vigilância genômica, que inclui casos suspeitos por contato com a variante e outros testes que são escolhidos aleatoriamente. Os resultados apontam para a presença da Delta em praticamente todas as regiões do Estado.

A Foz do Itajaí-Açu, que tem 11 municípios, é a região com mais cidades na lista de casos confirmados. São sete testes positivos para variante Delta, em seis cidades – Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Bombinhas, Camboriú, Itajaí e Penha.

Em nota, a Superintendência de Vigilância em Saúde alerta para a importância da vacinação e de manter os cuidados básicos, como uso de máscaras e distanciamento social, mesmo entre os já imunizados. Por enquanto, o Estado não aponta mudanças na estratégia de enfrentamento, como novas restrições.

A variante Delta é considerada mais “eficaz” na transmissão, o que faz com que se torne prevalente com muita rapidez. Em países como os Estados Unidos, que avançaram significativamente na vacinação, a presença da variante é apontada como razão para novo aumento no número de pessoas infectadas, e de internações.

Com informações do Portal A Hora

ÚLTIMAS NOTÍCIAS