CAMPOS NOVOS : Primeira-dama do Estado entrega doações da campanha da Rede Laço para famílias

A primeira-dama do Estado, Késia Martins da Silva, esteve em Campos Novos, na tarde desta sexta-feira, 4. Em agenda de trabalho no Meio-Oeste do estado, a presidente da Rede Laço de Voluntariado levou a solidariedade dos catarinenses às famílias atingidas por um tornado no último fim de semana. Késia entregou mais 50 cobertores arrecadados na região de Florianópolis, por meio da campanha Cobertor Solidário.

“Temos certeza que as doações chegam em boa hora e ficamos muito felizes em trazer ajuda e um pouco mais de conforto para quem está precisando. Esse gesto também é em gratidão à solidariedade dos catarinenses que se mobilizaram para atender o nosso chamado em contribuir com a campanha, doando os cobertores”, frisa Késia Martins da Silva.

Em ato na prefeitura de Campos Novos com a presença da anfitriã, Maria das Graças Zancanaro e primeiras-damas e secretários de Assistência Social da Associação dos Municípios do Planalto Sul de Santa Catarina (Amplasc), a presidente da Rede Laço de Voluntariado aproveitou para divulgar a iniciativa e reforçar o pedido de participação à campanha Cobertor Solidário. No início da semana, outros 25 cobertores puderam ser entregues às famílias do municípios. Os itens foram separados pelos parceiros do pelotão do Corpo de Bombeiros Militar e repassados à Assistência Social para a distribuição.

“Nós acreditamos na força do bem e no quanto isso representa não só para quem recebe, mas para quem doa. Nosso papel é estimular cada vez mais essa solidariedade tão característica do povo catarinense e fazer a ponte com quem precisa ser ajudado”, enaltece a primeira-dama do Estado. As doações à campanha Cobertor Solidário podem ser feitas até o dia 30 de junho.

Como participar

A campanha Cobertor Solidário da Rede Laço de Voluntariado tem o objetivo de estimular a doação de cobertores, mantas e edredons, novos ou usados, higienizados, em bom estado e embalados, em todos os municípios catarinenses. As arrecadações ocorrerão em todas as cidades e serão destinadas a pessoas e instituições. Os pontos de coleta são as escolas da rede estadual e as unidades do Corpo de Bombeiro Militar, Polícia Militar, Polícia Civil e Instituto Geral de Perícias.

Por Francieli Dalpiaz : Assessoria de Imprensa Secretaria de Estado de Comunicação – Secom

ÚLTIMAS NOTÍCIAS