Campanhas de vacinação começam nesta segunda-feira

Começa nesta semana em Içara e em todo o Brasil duas importantes campanhas de vacinação: A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação para atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente.

As ações vão acontecer de 5 a 30 de outubro, com o dia D de Vacinação no sábado, dia 17.

A Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil será para crianças de 1 ano a menores de 5 anos (até 4 anos 11 meses e 29 dias). Todas as crianças nesta faixa etária deverão ser vacinadas, mesmo que estejam com a vacina em dia. A meta é vacinar 95% do público alvo.

A paralisia infantil foi erradicada do Brasil na década de 90, mas alguns países do mundo ainda apresentam casos da doença. As baixas coberturas vacinais podem favorecer a volta da doença ao país.

Multivacinação

Já a Campanha de Multivacinação para atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente serve para população não vacinada ou com vacinação incompleta de menores de 15 anos de idade (até 14 anos 11 meses e 29 dias), de acordo com o Calendário vacinal. Não há uma vacina específica, é o momento para colocar em dia as vacinas em atraso.

O objetivo desta campanha é oportunizar o acesso às vacinas oferecidas pelo Programa Nacional de Imunização para as crianças e adolescentes que não estejam com as vacinas em dia, diminuindo a incidência das doenças imunopreveníveis e contribuindo para o controle, eliminação e/ou erradicação dessas doenças.

A novidade para 2020 é a inclusão da vacina contra meningite meningocócica ACWY para adolescentes de 11 e 12 anos. Além dela, outras vacinas importantes para os adolescentes estarão disponíveis, como vacina contra o HPV, sarampo, febre amarela e tétano.

Vacinação em Içara

Com relação à Campanha contra Paralisia infantil, todas as ESF estarão vacinando. As demais vacinas serão feitas somente nas Unidades de Saúde com sala de vacina.

No dia D, 17 de outubro, todas as ESF estarão abertas das 8h às 17h para vacinação contra paralisia infantil e as Unidades com sala de vacina com todas as vacinas de rotina para o público de 0 a menores de 15 anos.

Mesmo com a ocorrência da pandemia de Covid-19, o Ministério da Saúde orienta a importância de manter as vacinas em dia, evitando que outras doenças que podem ser evitadas com a vacinação voltem a ocorrer ou aumentem a incidência.

Todas as Unidades de Saúde estão adotando os protocolos sanitários, tornando a vacinação mais segura.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FLORIANÓPOLIS | SHRBS contesta anúncio do cancelamento do Réveillon oficial da capital

Um evento que divulga a cidade, além de atrair um enorme público durante o auge da temporada, o Réveillon oficial de Florianópolis não deveria...

AGRONEGÓCIO | Fruticultores recebem assistência técnica e gerencial para ampliar produtividade em SC

"Programa do Senar atende 180 produtores do Sul, Planalto Norte e Meio Oeste. Cultivo de pera, banana, uva, maçã, maracujá e pitaya são destaques...

Ginecologista de Florianópolis é condenado por crimes de violação sexual mediante fraude contra paciente

Vítimas sofreram abusos durante consultas de rotina. MPSC recorreu da condenação a oito anos de prisão em regime semiaberto. Um médico ginecologista, denunciado pelo Ministério...

Empresas podem destinar até 4% do imposto devido a projetos culturais

"Segunda live da série que o Fundo Social da FIESC realiza até novembro detalha como parte do imposto de renda devido por empresas pode...