Campanha Sinal Vermelho para a Violência já está em mais de 400 farmácias de SC e PR

A campanha “Sinal Vermelho para a Violência” não para de angariar novos apoiadores desde que foi lançada em Santa Catarina no último mês de julho. Dezenas de empresas do ramo farmacêutico, inclusive do vizinho Estado do Paraná, uniram-se à iniciativa idealizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) na luta contra a violência doméstica.

Em farmácias e drogarias previamente cadastradas, as mulheres vítimas de violência podem denunciar as agressões ao fazer um xis com batom vermelho (ou com qualquer outro material) na palma da mão ou num pedaço de papel e mostrá-lo ao atendente, que acionará a Polícia Militar. No mês passado, na comarca de Ituporanga, foi registrada a primeira ocorrência de violência doméstica atendida pela Polícia Militar em que a mulher se valeu do sinal vermelho para denunciar as agressões do marido.

Conforme a Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cevid), do Poder Judiciário de Santa Catarina, os estabelecimentos são orientados a colocar um pôster (da mão com um xis vermelho) na entrada das lojas para identificar a participação na campanha. Eles receberam uma cartilha e um tutorial em formato visual com explicações sobre os caminhos a serem seguidos, com orientações detalhadas de como atender a vítima e acionar a polícia, sempre de acordo com o protocolo preestabelecido.

O esforço para dar ampla divulgação à campanha e angariar novas parcerias não para. No último dia 9 deste mês, a desembargadora Salete Sommariva, coordenadora da Cevid e a juíza Naiara Brancher, cooperadora da Cevid, participaram de uma Roda de Conversa sobre a Campanha Sinal Vermelho, com a Federação Catarinense de Municípios, Associações de Municípios e Consórcios FECAM. Na oportunidade, ambas discorreram sobre o assunto na sala virtual da Fecam, com a participação de mais de 100 pessoas representando as regiões do estado. Também foi registrado, neste período, o apoio à campanha do Colegiado de Gestores Municipais de Assistência Social – CGMAS da região AMMVI (Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí).

Estabelecimento que aderiram à campanha na região

Farmácia Santa Rosa (Santa Rosa de Lima);

Drogaria Catarinense e Preço Popular, com 294 unidades no Estado

Usifarma Capivari (Capivari de Baixo)

Sesi Farmácias

Farmácia Vera Cruz (Tubarão)

Como participar

Qualquer estabelecimento pode participar da campanha. Basta entrar em contato com a Cevid pelo e-mail cevid@tjsc.jus.br ou telefone 3287-2636 para assinar o termo de adesão. Assim que assinado o termo, é feita a remessa do material de capacitação e treinamento. Mais informações no site da campanha.

TJSC

Imagens: Divulgação/Assessoria de Artes Visuais NCI
Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Freiras brasileiras são sequestradas por terroristas em Moçambique

Duas freiras brasileiras foram feitas reféns por 24 dias por extremistas islâmicos em Moçambique, na África. Ambas já foram liberadas, mas em estado de...

Pescaria Brava | Pacientes crônicos serão testados

Após os mais de 1,5 mil idosos acima de 60 anos de Pescaria Brava serem testados para o novo coronavírus, a secretaria de Saúde...

Profissionais do setor de eventos farão manifestação nesta terça-feira em Criciúma

Profissionais do setor de eventos do Sul do Estado farão uma manifestação nesta terça-feira (21), em Criciúma, pedindo que sejam ouvidos pelas autoridades governamentais...

Em SP, rede pública volta a partir de 7 de outubro

O Governo do Estado de São Paulo decidiu que as aulas presenciais da rede pública de ensino serão retomadas no dia 7 de outubro....