Campanha Papai Noel dos Correios já iniciou em Orleans

Uma das campanhas de solidariedade mais aguardadas do ano, o Papai Noel dos Correios, já iniciou em Santa Catarina. Na agência de Orleans, é possível adotar uma cartinha até o dia 06 de dezembro.

A gerente da agência dos Correios de Orleans, Fabiani Cucolotto, explica que após a adoção, o presente deve ser entregue na agência, que organizará a logística de direcionamento. A entrega direta para as crianças não é permitida. Além disso, os Correios recebem apenas as cartas de alunos de escolas cadastradas na iniciativa. “As cartas escritas individualmente para o Papai Noel e postadas na agência, ou seja, aquelas que não são de escolas cadastrasdas, não entram nessa campanha”, detalha.

A agência dos Correios de Orleans fica na Rua VX de Novembro, no Centro da cidade, com funcionamento de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, sem fechar ao meio dia.

Ação natalina completa 30 anos

Em 2019, a maior ação de responsabilidade social dos Correios completa 30 anos de existência. Ao longo dessas três décadas, a campanha conseguiu atender ao pedido de mais de 6 milhões de cartinhas – muitas delas com histórias emocionantes de solidariedade. Essa corrente do bem une esforços de empresa, empregados e voluntários da sociedade para atender, dentro do possível, aos pedidos de presentes daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

A campanha Papai Noel dos Correios nasceu pela iniciativa de alguns empregados que, durante a rotina de trabalho, recebiam cartinhas escritas por crianças destinadas ao Papai Noel, mas sem endereço. Sensibilizados, alguns deles resolveram adotar as cartinhas e enviar os primeiros presentes. Com o passar do tempo, a ação foi ganhando proporção na empresa e acabou se transformando em um projeto corporativo dos Correios.

Funcionamento da campanha

Na campanha, a empresa recebe as cartinhas de crianças que enviaram seus pedidos diretamente ao Papai Noel e, também, de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do Ensino Fundamental) e de instituições parceiras, tais como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos. Desde 2010, os Correios estabeleceram essas parcerias com as Secretarias de Educação, a fim de trabalhar ações como o desenvolvimento da habilidade da redação de carta, o endereçamento correto e o uso do CEP.

A adoção das cartinhas é feita da mesma maneira em todo o Brasil: os pedidos das crianças são enviados aos Correios pelas escolas, lidos, selecionados e disponibilizados para adoção nas agências participantes da campanha. Os Correios não distribuem cartas para adoção diretamente à população, em suas residências. As cartinhas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis apenas nos locais indicados no blog da campanha. E para que a empresa possa acompanhar as adoções e as entregas dos presentes, os padrinhos devem cadastrar o CPF ou CNPJ.

Quem contribui com a campanha entrega o presente na própria agência em que adotou a carta. Os Correios se responsabilizam pelo envio posterior dos presentes para as escolas. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança nunca é divulgado ou informado ao padrinho.

Imagem – NSC/Total.com.br

Colaboração / Pauta – Stéphanie Piava Pizzolatti

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Dez mil voluntários serão testados contra a Covid-19 em nova fase

A vacina para combater a Covid-19 que possui os testes mais avançados no mundo, segundo o Ministério da Saúde, é a Oxford-Astrazeneca, que também...

Boletim Covid-19 do hospital São Donato de Içara

O Hospital São Donato tem 10 leitos ocupados para tratamento de coronavírus ou suspeita: LEITOS OCUPADOS NA UTI: 5 - CASOS CONFIRMADOS (5) - CASOS SUSPEITOS (0) LEITOS OCUPADOS NA CLÍNICA:...

TST aprova reajuste e determina o fim da greve dos Correios

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidiu nesta segunda-feira, 21, que os funcionários dos Correios devem receber um reajuste de 2,6% e retomar as atividades a partir desta...

Crianças recebem computador por empréstimo para assistir aulas on-line

O Colégio SESC está promovendo uma ação cidadã para possibilitar que seus alunos que não possuem computador em casa assistam às aulas on-line e participem dos encontros realizados...