Cai o comprometimento da renda de consumidores inadimplentes com o pagamento de dívidas, afirma Boa Vista

Caiu de 70% para 68% o número de consumidores inadimplentes com mais de 50% da renda comprometida com o pagamento de dívidas (atrasadas ou não) no 2º semestre de 2019, em comparação com o mesmo período de 2018. Os dados fazem parte da Pesquisa Perfil do Consumidor Inadimplente, feita pela Boa Vista, durante o 2º semestre de 2019.

Já outros 22% dos consumidores inadimplentes têm de 25% a 50% de renda comprometida com dívidas enquanto 10% afirmam que o comprometimento da renda é de até 25%. O gráfico a seguir ilustra os números.

Nível de endividamento
Ainda de acordo com a pesquisa, 39% dos consumidores inadimplentes afirmam estar muito endividados, contra 40% em 2018. 28% estão mais ou menos endividados, 31% um pouco e 2% afirmam não ter dívidas em aberto.

Quando questionados sobre a dificuldade de pagar as contas em dia, 27% dos consumidores classificaram a missão como muito difícil, uma queda de 8 p.p. (pontos percentuais) em relação ao segundo semestre de 2019. Outros 52% classificaram como difícil, 18% como fácil e, por fim, 2% como muito fácil.

Ao saberem da negativação, 30% dos consumidores inadimplentes procuraram ajuda financeira em bancos, 29% em financeiras, 24% com parentes ou familiares e 17% com amigos ou colegas. Em média, sete em cada 100 conseguiram a ajuda esperada, principalmente com amigos e familiares.

De quanto é a dívida?
Em relação ao valor total das dívidas que causaram a restrição, 45% dos consumidores afirmam que o valor é de até R$ 3.000, uma queda de 6 p.p (pontos percentuais) em relação ao período equivalente de 2018. Dentre eles, 16% possuem dívidas de até R$ 1.000 e 29% de R$ 1.000 a R$ 3.000. Outros 55% possuem dívidas maiores que R$ 3.000.

Motivo da restrição
A pesquisa também questionou os consumidores sobre os motivos da inadimplência. O desemprego foi apontado como a principal causa por 36%, seguido da diminuição da renda (21%), o descontrole financeiro (17%), empréstimo do nome para terceiros (13%), despesas extras com saúde e educação (10%) e atraso no recebimento do salário ou aposentadoria (3%).

14% dos consumidores pretendem pagar as dívidas que geraram a restrição num prazo menor do que 30 dias, uma queda de 6 p.p. em comparação ao registrado no segundo semestre de 2018. 39% entre 30 a 90 dias, 24% entre 90 e 180 dias, e 23% acima de 180 dias.

Ainda em relação ao total de devedores, 38% dos que pretendem pagar irão quitar o valor total devido. Outros 62% irão pagar após a tentativa de renegociação ou obtenção de desconto no valor devido.

Metodologia
Cerca de mil pessoas, em todo o Brasil, responderam à pesquisa Perfil do Consumidor Inadimplente realizada por meio de questionário eletrônico, ao longo do 2º semestre de 2019, pela Boa Vista. Seus objetivos: identificar as reais condições do consumidor em honrar com seus compromissos financeiros; medir o nível de endividamento e o comprometimento da renda com o pagamento das contas. Os resultados consideram 2% de margem de erro e 95% de grau de confiança.

SOBRE A BOA VISTA

A Boa Vista é uma empresa brasileira que alia inteligência analítica à alta tecnologia para transformar os dados dos seus clientes em soluções para os desafios de empresas e consumidores.

Criada há mais de 60 anos como SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), tem contribuído significativamente para o desenvolvimento da atividade de crédito no Brasil, ajudando o País a estabelecer uma relação de consumo mais equilibrada entre empresas e consumidores.

A Boa Vista é precursora do Cadastro Positivo, banco de dados com informações sobre o histórico de pagamentos, que deixa a análise de crédito mais justa e acessível. Por isso, Cadastro Positivo é na Boa Vista.

Pioneira também em serviços ao consumidor, a Boa Vista responde por iniciativas que cooperam com a sustentabilidade econômica dos brasileiros, como a consulta do CPF com score, dicas de educação financeira e parcerias para negociação de dívidas. Tudo disponível de forma simples, rápida e segura no site www.consumidorpositivo.com.br

Atualmente a Boa Vista é referência no apoio à tomada de decisão em todas as fases do ciclo de negócios: prospecção, aquisição, gestão de carteiras e recuperação.

Imprensa: Liliana Liberato / Lucas Menoita

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Vacina da Pfizer contra Covid-19 entra na última fase de testes clínicos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou que as empresas farmacêuticas Pfizer e BioNTech prossigam para a fase 3 do estudo clínico da...

Sinais de traição: como saber se seu parceiro está pensando nisso

Em muitos casos de infidelidade, aqueles que foram enganados admitem que viram os sinais, mas os ignoraram ou disseram a si mesmos que estavam...

Bolo, lembranças e muitas mensagens para professores e alunos do Colégio Satc

Rolou até parabéns e um bolo de aniversário. Arthur comemora na próxima semana, mas a mãe, Shirley Thiel decidiu trazer um bolo para comemorar...

Imbituba/Garopaba/Praia do Rosa | Com feriado no RS, fiscalização à pandemia será reforçada neste fim de semana

As equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) mantêm a rotina de fiscalização nos bairros em Imbituba. Durante toda a semana, os profissionais percorreram...