InícioÚltimas do Olhar do SulCadela enterrada viva se recupera e é adotada por PM que a...

Cadela enterrada viva se recupera e é adotada por PM que a socorreu

A história da Hope teve um lindo final feliz! A cadela, que foi enterrada vida com uma corda no pescoço, se recuperou da saúde e ainda ganhou uma nova família! Após a monstruosidade que viveu, ela foi adotada pelo soldado Lucas Camara Goldani, justamente quem ajudou a resgatá-la.

“Eu abri o buraco e vi a cachorrinha ainda se mexendo. Não tem como não se comover ao lembrar da cena. Liguei pra minha esposa e ela concordou em adotar. Foi o que aprendi com a minha mãe, resgatar os animais em situação da rua”, disse o soldado.

Hope foi vítima de maus-tratos na última terça-feira (13), pelo antigo tutor dela. Ela sobreviveu graças à agilidade dos agentes do 15º Batalhão de Polícia Militar que a resgataram a tempo. O caso, que está sendo investigado, aconteceu na cidade de Canoas, no Rio Grande do Sul e mobilizou pessoas da cidade inteira.

Recuperada e feliz

Quem vê a Hope hoje feliz e abanando o rabinho não imagina o que ela já passou.

A médica veterinária residente Anna Carolina Marques, que atendeu a cadelinha, disse que ela chegou na clínica com a saúde muito fragilizada.

“Ela estava debilitada, com baixa consciência, quase que em estado de coma. Com fome e subnutrida, sinal de que deve ter ficado alguns dias sem comer. O termômetro nem marcou na primeira medição, de tão baixa que estava a temperatura”, relatou a médica.

A equipe de resgate decidiu chamar a cachorrinha de ‘Hope’, que significa esperança, enquanto ela recebia atendimento e se recuperava.

Novo lar

Apesar de toda a crueldade, o destino de Hope agora é de muito carinho. Recuperada, ela ainda segue internada para estabilizar a saúde por completo.

E foi em uma das visitas para acompanhar Hope, que o o soldado Lucas decidiu que levaria a cadelinha para casa e daria muito amor a ela!

Investigação de maus-tratos

A equipe responsável pela investigação do caso da Hope ainda precisará de mais informações para concluir o inquérito.

Segundo o batalhão, a corda que servia de coleira estava atada com muita força, o que pode indicar que ela tenha sido esganada antes de ser enterrada.

Já o autor dos maus-tratos, que não teve o nome divulgado, aguarda audiência que pode converter a prisão em flagrante em preventiva ou colocá-lo em liberdade.

O suspeito de abrir a cova e sepultar a bichinha viva disse que “ela parecia estar morta”.

Denúncias de maus-tratos devem ser feitas pelo telefone 190. Isso é crime!

Hope foi resgatada em estado grave de saúde – Foto: Reprodução Anda News

A cadelinha foi acompanhada pela Dra. Anna Carolina - Foto: reprodução Anda News

A cadelinha foi acompanhada pela Dra. Anna Carolina – Foto: reprodução Anda News

Com informações de Tribuna de Jundiaí