Brasil não atinge meta para nenhuma das principais vacinas infantis

Pela primeira vez no século, o Brasil não atingiu a meta para nenhuma das principais vacinas infantis, segundo dados de 2019 do Programa Nacional de Imunizações, analisados pelo jornal Folha de São Paulo.

A meta de vacinação de bebês e crianças gira entre 90 a 95%, dependendo da vacina. Se a vacinação fica abaixo destes patamares, há o risco de aumento de transmissão da doença entre a população e até do retorno de doenças já erradicadas, como já vem acontecendo com o sarampo desde o ano passado.

Em 2019, nenhuma vacina atingiu essa meta entre crianças de até um ano de idade. Em 2018 a vacinação já estava em queda, com três das nove vacinas principais atingindo a meta. Em outros períodos, o Brasil chegou a ter sete vacinas dentro do patamar considerado ideal.

Segundo reportagem da Folha, os primeiros sinais de queda na cobertura vacinal foram registrados em 2015, e se agravaram a partir de 2017.

O maior índice de cobertura vacinal em 2019, 91,6%, foi registrado para a vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo. Já o menor índice, 69%, foi registrado para a vacina pentavalente, que protege contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e contra a bactéria haemophilus influenza tipo b, responsável por infecções no nariz, meninge e na garganta. No ano passado houve um desabastecimento desta vacina.

No caso das vacinas contra poliomelite e a tuberculose, a cobertura chegou ao menor índice dos últimos 23 anos.

O post Brasil não atinge meta para nenhuma das principais vacinas infantis apareceu primeiro em Cabeça de Criança.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Vereadores de Orleans aprovam projeto que estima a receita e fixa a despesa do município para 2021

A 41ª Sessão Ordinária presidida pelo vereador Antônio Dias André, do MDB, transcorreu de forma tranquila e dentro da normalidade na noite desta segunda-feira,...

Mulheres seguem ausentes em 17% das Câmaras Municipais do país

"Estudo da organização busca entender os mecanismos que freiam a representatividade na política brasileira" Ainda que as eleições de 2020 tenham sido as mais diversas...

“Árvore da Vida” conforta e consola pacientes e familiares no Hospital Dona Helena, em Joinville (SC)

Em novembro, a imagem de uma árvore foi colocada na parede da capela do Hospital Dona Helena, de Joinville (SC). Os pais que frequentam...

Anatel autoriza repasse de recursos para projetos de interiorização da TV Digital no Brasil e democratização da internet

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autorizou o repasse de verba para projetos de interiorização da TV Digital e democratização da internet no país....