Auxílio emergencial será prorrogado por mais dois meses

Ainda não há detalhes sobre o valor das parcelas; ministro da Economia, Paulo Guedes, também anunciou a unificação dos programas sociais e retomada da Carteira Verde e Amarela.

Segundo Paulo Guedes, ministro da Economia, o auxílio emergencial do Governo Federal será prorrogado por mais dois meses. A informação foi dada na reunião do Conselho de Governo, que ocorreu na terça-feira (9).

O ministro não disse qual será o valor das duas parcelas adicionais. Em vigor,  o benefício paga três parcelas de R$ 600 aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados. O objetivo do programa é minimizar o impacto econômico durante a pandemia da Covid-19.

Durante a reunião de ministros com o presidente Jair Bolsonaro, Paulo Guedes afirmou que o governo vai lançar o Renda Brasil, uma iniciativa que vai unificar os programas sociais. O ministro disse, também, que após a pandemia, o projeto Carteira Verde e Amarela vai ser retomado.

Reportagem: Felipe Moura

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Segurança de boate deve apartar e neutralizar brigas, não atacar clientes, reforça TJ

Um técnico em refrigeração espancado por seguranças na saída de uma boate, na Capital, será indenizado em R$ 5 mil por danos morais. A...

Famílias passarão a receber o Bolsa Família somado ao Auxílio Emergencial até dezembro

Até o próximo dia 30 de outubro, cerca de 12,4 milhões das mais de 14,27 milhões de famílias atendidas pelo Programa Bolsa Família (PBF)...

Laguna | Passa dos mil pacientes curados de Covid-19

Mais seis casos positivos de coronavírus foram confirmados em Laguna, segundo informa o boletim epidemiológico emitido nessa terça-feira, 20, pela prefeitura. Outras 14 pessoas...

Municípios devem conferir se há pendências no plano de ação da Lei Aldir Blanc

Terminou no dia 17 de outubro o prazo para que as gestões municipais tivessem  manifestado interesse nos recursos do auxílio emergencial para a cultura,...