Aumento no número de casos de covid-19 preocupa autoridades e especialistas em Santa Catarina

O aumento no número de novos casos e de mortes pela covid-19 no estado catarinense têm preocupado especialistas e autoridades. Por isso, a prefeita de Vargem e presidente do Consórcio de Saúde Amures, Milena Becher, compôs um grupo de estudos para o enfrentamento à pandemia.

Em uma videoconferência realizada nessa segunda (27), a prefeitura conversou com especialistas da linha de frente da saúde, que mostraram preocupação com o avanço da doença no estado e na serra catarinense. Um dos participantes, o médico anestesiologista Luciano Dias Azevedo, defendeu a abordagem precoce com fármacos. Na opinião dele, mesmo não sendo antivirais, eles atrapalham a replicação do vírus no organismo dos pacientes e evitam o desenvolvimento da doença.

De acordo com especialistas, a serra catarinense já registrou mais de 3,2 mil pacientes com passagem pelos centros de triagens, 17 óbitos e mais de 1,2 mil casos positivos na região. Segundo dados da Secretaria de Saúde local, Santa Catarina já tem mais de 70 mil casos confirmados do novo coronavírus e quase mil mortes.

A serra catarinense, local de visitas intensas de turistas, já tem cidades com decretação total de lockdown, como Urubici e São José do Cerrito. Já o município de São Joaquim tornou mais rígidas as medidas de restrição. Hoje, as principais cidades turísticas da Serra estão com atividades, como hóteis e pousadas, totalmente paradas.

Reportagem: Jalila Arabi –  Fonte: Brasil 61

ÚLTIMAS NOTÍCIAS