Atendimento à mulheres vítimas de violência doméstica é serviço essencial, define lei

Já está valendo a lei que amplia o atendimento a mulheres vítimas de violência doméstica durante a pandemia do novo coronavírus. A Lei 14.022/2020 prevê que devem continuar funcionando durante a crise todos os órgãos que atendem mulheres, crianças, adolescentes, pessoas idosas e cidadãos com deficiência vítimas de violência doméstica ou familiar. Isso porque o atendimento às vítimas é considerado serviço essencial. O texto também define que as vítimas podem ser atendidas e registrar a ocorrência por meio da internet ou por telefone. Em casos graves como estupro, feminicídio, lesão corporal grave ou ameaças com arma de fogo, por exemplo, o poder público deve obrigatoriamente fornecer atendimento presencial.

Governo lança campanha que incentiva denúncias de violência doméstica

A lei também prevê que medidas protetivas urgentes também podem ser solicitadas pela internet. Além disso, medidas protetivas que já estão em vigor serão automaticamente prorrogadas até o fim do período de calamidade pública.

Fórum Nacional de Segurança Pública, registrou um aumento de 44% nas ocorrências de violência contra a mulher em São Paulo durante a pandemia. No Acre, o aumento foi de 600%. Já segundo a Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, houve aumento de 14,1% nas denúncias feitas ao Ligue 180 nos primeiros quatro meses de 2020 em relação ao ano passado.

Reportagem: Daniel Marques – Brasil 61

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Luau é encerrado pela PM em Balneário Campo Bom

Um luau foi encerrado pela Polícia Militar na noite dessa sexta-feira (25), em Balneário Campo Bom, na cidade de Jaguaruna. Os militares lavraram 20...

IMBITUBA | Governador inaugura pera ferroviária no Porto para facilitar acesso de trens

Vai ficar mais fácil, seguro e rápido para os trens carregados com contêineres entrarem e saírem do Porto de Imbituba. Está concluída a chamada...

Casal é preso na Zona Leste acusado de agredir filha de seis meses

Agentes da Polícia Militar prenderam um casal no Jardim Dona Sinhá, Zona Leste da capital, acusado de agredir um bebê de seis meses. O caso ocorreu na quinta-feira (24). De...

Abertas as inscrições para pedido da renda emergencial da Lei Aldir Blanc em Lauro Müller

Trabalhadores da área da cultura que foram afetados pela pandemia da Covid-19, em Lauro Müller, já podem se inscrever para solicitar a renda emergencial...